terça-feira, 4 de janeiro de 2011

CULTURA

Um Avareense cujo talento tem reconhecimento mundial
Por: Guma Castellucci*
Luiz Carlos Fernandes;  embora seu nome seja desconhecido da maioria das pessoas, nasceu em Avaré no dia 05 de outubro de 1959.

Fernandes, como é conhecido trabalha em um grande jornal na cidade de Santo André e seu nome é uma referencia na área do desenho e da ilustração.
O Avareense trabalha no jornal Diário do grande ABC dando sequência a uma carreira de sucessos quando publicou pela primeira vez em 1979, no jornal “O Estábulo”, em Avaré.
Seu nome, porém começou a ganhar uma grande projeção a partir de 2001, com a sua participação e sucessivas premiações (veja a lista nesta página) em salões e exposições inclusive fora do Brasil. Outro ponto alto da carreira de Fernandes; livros infantis, entre eles a turma de Gersão (Gerson de Abreu) e a coleção do Castelo Rá Tim Bum editado pela Editora Cia das Letrinhas.
Em 2008 foi jurado do International Nasreddin Hodja Cartoon Contest em Istambul na Turquia.
Corpo de Jurados, entre os quais o Avareense: Turhan Selcuk(1), Tonguc Yasar(4), Metin Peker(2), Kadir Dogruer(9), Muhittin Koroglu(12), Gurbuz Dogan Eksioglu(3), Prof.Dr.Nazan Erkmen(7) from Turkey, and Tomas Rodriguez Zayas(11, Cuba), Leng Mu(10, China), Paola Dalponte(8, Italy), Luiz Carlos Fernandes(5, Brazil), Dr.Cheong San Lim(6 Korea). Foto de caricaturque
Prêmio Destaque da Cultura

No final de 2010, Luiz Carlos Fernandes recebeu o Premio Destaque Cultural da Secretaria Municipal de Cultura e Lazer de Avaré.
Conheça os trabalhos de Luiz Carlos Fernandes em um de seus blogs

* Guma, Gumercindo Castellucci Filho, Jornalista, responde pela Assessoria de Comunicação da Cultura de Avaré. Texto elaborado conforme currículo do profissional e pesquisas realizadas em sítios de internet.

ESPORTES

SÃO SILVESTRE ENCERRA ANO ESPORTIVO EM AVARÉ


Na noite do último dia 31 de dezembro, a Estância Turística de Avaré encerrou o ano esportivo com a realização da Prova Pedestre mais antiga do mundo em cidades do interior, a tradicional Corrida de São Silvestre, que chegou a sua 65ª edição. Foram sete categorias disputadas, dentro de um percurso de 10 mil metros pelas principais ruas centrais da cidade: Adulto Masculino (16 a 39 anos); Adulto Feminino (acima de 16 anos); Veterano A Masculino (40 a 49 anos); Veterano A Feminino (40 a 49 anos); Veterano B Masculino (50 a 59 anos); Veterano B Feminino (acima de 50 anos); e Veterano C Masculino (acima de 60 anos).
Na categoria Adulto Masculino, o vencedor foi Silvano Lima Pinto, de Indaiatuba, que correu pela equipe Bioleve Runners/Valinhos, fechando a prova com o tempo de 29m48s.

 A classificação geral masculino ficou assim: Silvano Lima Pinto em primeiro, Luiz Carlos Fernandes da Silva com 30m03s em segundo; Fábio do Nascimento com 30m12s em terceiro; Elias Rodrigues Bastos com 30m19s em quarto; José Saraiva Frasão Júnior com 30m23s em quinto; José Rodrigues da Fonseca com 30m32s em sexto, David Andrade de Mequista com 30m37s em sétimo; Eliezer de Jesus Santos com 30m38s em oitavo; Elessandro Aparecido de Oliveira com 30m45s em nono e Edson Pereira Souza com 30m49s em décimo.


Já a categoria geral feminina ficou assim: Maria dos Remédios Castro, correndo pelo Santos Memorial, de São Vicente, ficou em primeiro com o tempo de 36m50s; em segundo ficou Beatriz G.S. Nascimento com 37m48s, em terceiro ficou Jucimara Félix dos Sntos com 38m32s; em quarto ficou Edneusa de Jesus Santos Dorta com 38m40s; em quinto ficou Hosana Lucena Nascimento com 39m54s; em sexto ficou Silmara Izidoro Modesto com 40m57s, em sétimo ficou Marleyde de Fátima Costa com 41m30s; em oitavo ficou Neoci Pedroso Antônio com 44m57s; em nono ficou Maria Suleide da Silva com 47m35s e em décimo ficou Valdilene Cristina dos Reis com 47m58s. Matéria e fotos de Nando Santos da SECOM Avaré.