sexta-feira, 31 de agosto de 2012

JG - JORNAL DO GUMA

ECONOMIA

Banco do Povo emprestou mais de 6 milhões

 Dráuzio Vitiello, Regiane Daffara e Antônio Mendonça


A unidade do Banco do Povo de Avaré já realizou R$ 6.925.746,82 em empréstimos para que promover a geração de empregos e renda aos cidadãos avareenses. Por esse feito, Avaré conquistou o 2º lugar na categoria de cidades 50 a 100 mil habitantes, referente ao ano de 2011.
Em 2012, a produção até o mês de julho já alcançou o número de contratos de 2011, gerando uma boa expectativa para uma nova premiação. “Nós estamos oferecendo crédito a 0,5% para renda, para as pessoas montarem seus negócios e terem capital de giro. Isso estimula o empreendedorismo. Grandes negócios do mundo nasceram na garagem, então nós estimulamos a atividade empreendedora”, disse Regiane Daffara, gerente de crédito do Banco do Povo de Avaré.
R$ 1 bilhão em empréstimos
Regiane Daffara participou juntamente com o secretário da Indústria, Comércio, Ciência e Tecnologia, Mauro de Oliveira, da comemoração ao volume de R$ 1 bilhão de empréstimos oferecidos pelo Banco do Paulista, em cerimônia realizada no Palácio dos Bandeirantes no último dia 20.
Geração de emprego e renda
O Banco do Povo concede empréstimos para pessoas físicas e jurídicas com o objetivo de promover a geração de emprego e renda. Atualmente, a instituição visa ampliar o volume de empréstimos realizados. Para isso vai começar a atuar em áreas rurais realizando empréstimos nas áreas de quilombo e para assentados, além disso, diminuiu a taxa de juros para 0,5% ao mês, a menor do Brasil. Os empréstimos concedidos variam de R$ 200 a R$ 15 mil com pagamento em até 36 meses.
Como ser beneficiado
Para obter o financiamento é necessário desenvolver uma atividade produtiva formal ou informal nos municípios contemplados pelo Banco do Povo, ter faturamento bruto de até R$ 360 mil nos últimos 12 meses, não possuir restrições cadastrais no SCPC, SERASA e CADIN Estadual, e no caso de pessoa física residir na mesma cidade há mais de dois anos ou possuir negócio pelo mesmo período com endereço fixo no município.                                          
Na foto estão Carlos Ortiz, Secretário de Estado do Emprego e Relações do Trabalho, e Mauro de Oliveira, secretário municipal da Indústria, Comércio, Ciência e Tecnologia

Fonte: Secretaria de Comunicação Avaré.