segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

JORNAL DA CIDADE


PERSONALIDADE

Jornalista de Avaré vai assessorar a
imprensa na visita de Bento XVI ao Rio

Marcello Zanluchi saúda, em Roma, o papa Bento XVI.


Marcello Zanluchi, jornalista avareense que é gerente de operação da Universidade Sagrado Coração (USC), de Bauru, acaba de ser nomeado pelo arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani João Tempesta, para ser o assessor de comunicação da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) e da visita do papa Bento XVI ao Rio, em julho próximo. A nomeação dá início a um termo de cooperação técnica assinado entre a USC e o Instituto Jornada Mundial da Juventude.
Marcello, de 31 anos, é filho do servidor municipal Roberto Surano Simon e da professora Suely Zanluchi. Formado em jornalismo pela USC, ele atuou como professor de Ética e Cultura Religiosa e hoje cursa o mestrado em comunicação na Unesp - Bauru. Já trabalhou na Rádio Vaticano em 2004, na área de comunicação da visita de Bento XVI ao Brasil e na V Conferência Geral do Episcopado Latino Americano e Caribenho, ambos em 2007.
Também conhecido como cantor, Zanluchi conheceu pessoalmente os papas João Paulo II e Bento XVI, para os quais cantou em ocasiões distintas. No Brasil ele ficou conhecido, ao lado de Ricardo Régis, como integrante da dupla Tenores do Brasil.
PELA JUVENTUDE - “Foi com satisfação que recebi a solicitação para que Marcello Zanluchi colaborasse no trabalho de preparação da JMJ, no Rio, ao longo do próximo semestre. Esperamos desta forma contribuir para a evangelização, especificamente neste caso, evangelização dos jovens, que também faz parte da missão da Universidade do Sagrado Coração”, afirmou irmã Susana Fadel, reitora da USC, instituição que está completando 60 anos.
Como assessor de comunicação da JMJ, Zanluchi atuará na estratégia, desenvolvimento e execução das ações de comunicação do evento. “Será um grande desafio como profissional, pois tenho que auxiliar a equipe de comunicação e o diretor de comunicação na divulgação de um dos maiores eventos católicos do mundo. Sobretudo, é uma maneira apaixonante de colocar em prática pensamentos sobre a comunicação institucional da Igreja Católica adaptada aos jovens”, declarou o jornalista avareense.
A JMJ - Criada por João Paulo II em 1984, a Jornada Mundial da Juventude é um encontro internacional de jovens para celebrar a mensagem de amor, paz e união, com expectativa de participação de três milhões de jovens do Brasil e de países dos cinco continentes.
A última edição internacional da JMJ foi realizada em agosto de 2011, na cidade de Madri, na Espanha, e reuniu mais de 19 países. A 28ª edição tem como lema “Ide e fazei discípulos entre todas as nações” (Mt 28,19). Fonte SECOM