quinta-feira, 25 de abril de 2013

JORNAL DA CULTURA


MEIO AMBIENTE

                                         RECURSOS HÍDRICOS
Teyque’-pe’ inaugura sede em Avaré
Meta da Organização Ambiental é atuar na bacia do Médio Paranapanema e ampliar debate sobre o uso sustentável dos recursos hídricos
 Ambientalistas durante a inauguração da Teyque’-pe’ Avaré

Para comemorar seus 12 anos de atividades, a Organização Ambiental Teyque’-pe’, inaugurou recentemente a sede de seu Núcleo Regional em Avaré-SP. A assembléia geral extraordinária que instalou a unidade contou com a participação de ambientalistas das Estâncias Turísticas de Piraju, aprovou a adesão de novos associados e discutiu estratégias de atuação.
Durante a reunião a Diretoria Executiva da Organização Não Governamental apresentou aos ambientalistas avareenses um relato do trabalho realizado e a atuação nos diversos colegiados ambientais municipais, estaduais e no Comitê de Bacia Hidrográfica do Paranapanema (federal).
Trecho tombado é considerado uma das melhores pistas naturais de slalom do Brasil
De acordo com o biólogo Fernando Franco Amorim, atual presidente da Teyque’-pe’, uma das principais atuações da ONG foi a participação da Organização no tombamento do último trecho de calha natural do rio Paranapanema no Estado de São Paulo, localizado no território da Estância Turística de Piraju. “Além do tombamento, apoiamos e participamos da elaboração de diversos instrumentos jurídicos que protegem esta calha original do rio Paranapanema e colaboramos na criação de uma Unidade de Conservação de Proteção Integral denominada Parque Municipal do Dourado. Ainda sofremos o assédio desmedido e criminoso de empresas que querem barrar o rio, mas atuamos no âmbito do Ministério Público Federal, juntamente com a população, na defesa deste patrimônio ambiental e histórico da comunidade pirajuense e que também pertence ao povo paulista”, relata.
Segundo ele, a Teyque’-pe’ Avaré propõe uma integração regional de ONGs ambientalistas com atuação em rede na defesa da bacia hidrográfica do rio Paranapanema. “A Teyque’-pe’ Avaré vem para somar esforços com a Associação de Defesa do Meio Ambiente de Avaré (ADEMA) e a Associação de Defesa da Represa de Jurumirim (ADERJ) na luta pelo desenvolvimento sócio-econômico e ambiental da nossa região através da preservação dos recursos naturais e o turismo de base ecológica”, explica Franco.
A especialista em gerenciamento de recursos hídricos, Maria Adriana de Barros Garrote Paschoarelli, vice-presidente da Teyque’-pe’, fez uma reflexão em sua fala sobre a luta dos ambientalistas, desde a década de 70 até os dias atuais, na defesa do rio Paranapanema e ressaltou que o rio é a identidade cultural da população pirajuense. “Em seus múltiplos usos, o rio Paranapanema faz parte da vida da população regional e, dessa forma, o que restou do rio pela agressão sofrida por diversos barramentos em seu curso original, deve ser preservado para as gerações futuras”, ressaltou.
Rio Paranapanema: patrimônio do Estado de São Paulo
 “Nós de Avaré ficamos felizes que a organização Teyque’-pe’ tenha um Núcleo Regional em Avaré, aos poucos pretendemos agregar outros ambientalistas e a sociedade em geral, de forma a contribuir para uma relação mais sustentável entre a zona urbana, a rural e os recursos naturais que temos. É importante termos o apoio de quem já luta pela preservação como essa ONG que faz um belo trabalho em Piraju na preservação do Rio Paranapanema e na conscientização da população com relação ao meio ambiente. Vamos, junto com outras organizações ambientais, tentar realizar ações em prol da educação ambiental e discutir a cidade e o desenvolvimento urbano de forma sustentável”, destacou a arquiteta e ambientalista avareense Ângela Golin.
Texto e fotos: Imprensa Teyque’-pe’