FAMPOP 2017

FAMPOP 2017
Espaço cedido para Cultura de Avaré

quarta-feira, 14 de maio de 2014

JORNAL DA CIDADE - Cultura - Cinema

Avareense é protagonista em 
filme rodado na região
Bruno Rodrigues, do Grupo de Teatro Municipal interpreta “Jerê” no média-metragem rodado em diversas cidades da região. Além de Bruno, integram o elenco outros Avareenses em papéis de destaque e Taynara Gomes da Rede Guma está na equipe de Direção da produção.
Foto do final das gravações com todo elenco de "As Viagens de Jerê" em Campinas no Teatro de Tábuas
Guma, Gabriella, Gilson, Wendel, Taynara e Bruno, no momento
em que saiam para Campinas, para etapa final de gravações.
Um Projeto Cultural da Duke Energy (empresa Concessionária de produção de Energia Elétrica), que através da ONG “Teatro de Tábuas” de Campinas e da produtora “Nada Visual” (Núcleo Alternativo de Desenvolvimento Audiovisual) realizaram uma Oficina de Cinema nas cidades banhadas pela represa de Jurumirim, resultou na produção de um filme que conta algumas das lendas dessas cidades. O filme, um média metragem com o título “As Viagens de Jerê”, em fase de edição, tem seu elenco diversos atores da cidade: como Protagonista (Jerê) o Bruno Rodrigues (que vive o Mazzaropi na premiada peça “Mazzaropi para mais de 100 anos), Gabriella Dias, Isabela Campanhã, Tati Vilegas que, como Bruno, são da Cia de Teatro Municipal Pópatapataio, Milton Rigonatti, da produtora Villa Real Filmes, Felipe Diego (Saci), além dos atores de Piraju José Junior, Claudia Possentini e Wendel Suelio, Atores de Fartura João Mendes e Patric Filipini, além de estudantes de Itatinga. Na Direção e Coordenação Geral está Thiago Ming da Produtora NADA,  que tem como Assistente de direção Taynara Gomes, da Rede Guma de Comunicação e Tiago Spina, a Direção de arte está por conta de Isadora Reimão
Gravações do fime pela região.
Já foram realizadas gravações e tomadas em Avaré, Paranapanema, Fartura e no estúdio em Campinas  O filme conta a história de Jerê (Bruno Rodrigues), um menino do interior que termina o ensino médio com muitas dúvidas em sua vida. O roteiro envolve linguagem Cinematográfica, Teatro e Animação.
Gravações em Campinas (Teatro de Tábuas
O projeto conta com a colaboração das Prefeituras de Paranapanema, Itatinga, Piraju e Fartura, e Avaré, além das Secretaria da Educação de Paranapanema, da Secretaria de Cultura de Avaré, da Produtora Villa Real Filmes de Avaré, da  A M S Comunicação Integrada patrocínio da DUKE ENERGY.
Lançamento previsto para os meses de Julho e Agosto de 2.014 com a circulação por 10 cidades, dentro da carreta-auditório do teatro de Tábuas, com 15 metros com cobertura inflável, capaz de acomodar até 140 expectadores sentados, com todo o conforto tecnológico de uma sala cultural convencional como ar condicionado, palco, iluminação, projetor e tela. Quatro cidades terão uma programação diferenciada, pois serão sede do I Festival Paranapanema de Teatro (incluindo Avaré). Nas demais a estrutura permanecerá por três dias com uma avant premier no primeiro dia, à noite e nos demais o filme será exibido em 05 sessões diárias. O filme teve apoio em locações e nas oficinas de outros Avareenses, Flavio de Oliveira, João Gambini, Jim Morrison (Rede Guma), Silvia Beltrami (Villa Real), Maria Coiado (Villa Real), Gumercindo Castellucci, Gilson Camara e José Eduardo (Zé Legal) (Cultura de Avaré).Fonte Rede Guma de Comunicação com texto de Milton Rigonatti Garcia e João Ricardo Gambini (Vila real Filmes).
Testes de elenco nas Oficinas Culturais José Reis Filho (CAC) Avaré