FAMPOP 2017

FAMPOP 2017
Espaço cedido para Cultura de Avaré

terça-feira, 13 de maio de 2014

JORNAL DA CIDADE - Cultura - Literatura

Livro auxilia a encontrar o amor verdadeiro
Psicóloga e conselheira matrimonial diz que a mulher deve pensar suas escolhas amorosas enquanto solteira para ter um casamento feliz


A editora Thomas Nelson traz um livro para os solteiros em busca de um relacionamento: 
Amor verdadeiro - Como ter certeza de que você encontrou a pessoa certa para sua vida. Em curtos capítulos, a conselheira matrimonial Debra K. Fileta responde a dúvidas muito frequentes dos solteiros, por exemplo: "Como saber se tenho dificuldade de assumir um compromisso?" e "Por que sempre me vejo em relacionamentos doentios?".
Debra Fileta autora do livro
“Se você escolheu este livro, é possível que esteja procurando pelo amor verdadeiro. Seu desejo de se casar pode ser forte, até mesmo uma preocupação da qual não consegue se livrar. Você deve estar farta de estar solteira e sozinha, vendo suas amigas conseguirem, uma a uma, entrar no mundo do amor enquanto você se sente cada vez mais isolada. Talvez tenha encontrado alguém que achou que fosse “o cara certo”, mas depois teve seu coração partido e suas esperanças destruídas e ficou solteira novamente. Em um mundo que parece atender às necessidades de casais e famílias, pedir uma mesa para um é a última coisa que você quer fazer”.
As palavras acima são de Debra K. Fileta, psicóloga e conselheira matrimonial, que dialoga principalmente com casais que estão prestes a subir ao altar. Mas muito antes dessa decisão de juntar as escovas de dente, ela explica que uma quantidade devastadora de tempo perdido e sentimentos con­flitantes permeiam as pessoas que não sabem o que procuram em uma relação. Ou seja, é lá na solteirice que homens e mulheres devem refletir sobre o que esperam de um parceiro.
E como é possível fazer isso na prática? A autora de Amor verdadeiro sugere na obra “A lista vermelha”, que reflete as experiências e desejos individuais de cada pessoa. Sem segredo. É pegar papel e caneta e literalmente listar aspectos negativos que não seriam bem-vindos, como os que a autora considera padrão: Comportamento vicioso (drogas, álcool, pecados sexuais, imprudência financeira etc.); Abuso (físico, verbal, emocional ou sexual); Temperamento perigoso e descontrolado ou demonstrações de agressão; Codependência ou dependência emocional (veja o capítulo 7 para mais detalhes); e Padrão de desonestidade e traição.
Além dessa dica, Debra explica que a mulher deve se comprometer a três estágios do namoro: a si mesma, os outros e Deus. Pois em um mundo que idolatra os relacionamentos, a importância de se conhecer se perdeu. “Não é somente um passo importante rumo a encontrar a felicidade, é também uma parada fundamental na busca do amor verdadeiro. Namorar a si mesma é o primeiro estágio, a base na qual se constrói cada outro estágio”, diz.
Dividido em 4 partes – Namorando a si mesma, Namorando os outros, Namorando Deus e Pergunte a conselheira –, 15 capítulos e 200 páginas, Amor verdadeiro, que acaba de chegar pela editora Thomas Nelson Brasil, vai dar aos leitores uma nova visão sobre cada etapa dos relacionamentos e como torna-los sinceros e inabaláveis.

Sobre a autora:
Debra K. Fileta é psicóloga e conselheira matrimonial. Trabalha principalmente no ambiente da igreja com casais que estão noivos ou pensando em casar.