terça-feira, 6 de maio de 2014

JORNAL DA CIDADE - Solidariedade

Mutirão realiza coleta para a Campanha do Agasalho em Avaré 
Meta do Fundo Social é atingir cerca de 38 mil peças. Caixas estão em supermercados, lojas, no Terminal Rodoviário, Centro Administrativo, Fundo Social e Paço Municipal, Radio Cidadania Fm e Base Móvel da Policia Militar
 Primeira-dama Maisa Novaes e os parceiros da Campanha do Agasalho 2014 em reunião no Fundo Social  
Na manhã do último sábado,  3, centenas voluntários circularam pelos bairros de Avaré coletando porta a porta doações para Campanha do Agasalho 2014, coordenada pelo Fundo Social de Solidariedade (FSS) do município.
O mutirão – que teve o apoio das Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Tiro de Guerra 02-003, CPFL Santa Cruz, Sabesp, Casas Pernambucanas, Acia, Rede Guma, Nocaija e Trainerteck – tem como meta chegar a 38 mil peças coletadas, número atingido em 2013. “A ideia é angariar roupas e cobertores de qualidade, em bom estado de conservação”, explica a primeira dama de Avaré, Maisa Grassi Novaes, que agradece a população pela intensa participação.
Com o slogan “Roupa Boa a Gente Doa”, a campanha está com caixas coletoras espalhadas em locais de grande circulação, como o Terminal Rodoviário, supermercados, lojas, farmácias, escolas, faculdades e repartições públicas como o Paço Municipal, Fundo Social e o Centro Administrativo da Prefeitura. Também é possível informar a disponibilidade de doação pelo telefone do FSS (3731-2658).
No próximo sábado, 10, a partir das 8h haverá novo mutirão de coleta com os funcionários da Sabesp nos bairros Vera Cruz, Avaré I e II, Camargo, Alto da Boa Vista, Jardim Europa I e II, Duílio Gambini, Jardim Presidencial, Santa Mônica e condomínio São Rogério. A base da ação será montada na Igreja São José, no Jardim Vera Cruz. 

Roupa boa a gente doa


A meta da Campanha do Agasalho 2014, cujo slogan é "roupa boa, a gente doa", é promover a arrecadação de peças em boas condições de uso. A exemplo do ano passado, a coordenação do Fundo Social de Solidariedade espera receber agasalhos cada vez melhores. Os organizadores reforçam o pedido por cobertores "que realmente tenham uma espessura melhor para que sirva para agasalhar com carinho aquele que precisa, porque às vezes é o único agasalho que a pessoa vai ter". O padrinho da campanha é pelo segundo ano seguido o ator Reynaldo Gianecchini. As peças doadas serão destinadas para entidades assistenciais, famílias cadastradas pelo Fundo Social, além de hospitais e albergues. Em 2013, a arrecadação no Estado foi de mais de 7,5 milhões de peças e beneficiou 383 entidades sociais da capital e 363 municípios.