segunda-feira, 28 de julho de 2014

JORNAL DA CIDADE - Cultura - Música Instrumental

Baterista Bruno Werner vence 
Festival de Música Instrumental 


O músico avareense Bruno Werner se consagrou vencedor da VI edição do Festival de Música Instrumental de Avaré (FESMIA) no último sábado, 26. Realizado na sede das Oficinas Culturais José Reis Filho, antigo Clube Avareense de Cinema (CAC), o festival ofereceu um prêmio de R$ 3 mil. O baterista executou a música “Ao Mestre Nenê”, de sua autoria.O segundo lugar ficou para Géssica Rodrigues de Souza Dorth, com a música “Manquinha”, composição de Heitor Villas Lobo, ao piano. João Gabriel da Silva ficou com a terceira posição com a música “Reclamações”, de sua autoria, executada por ele ao violão com seu irmão Sérgio Roberto da Silva no pandeiro. O festival foi conduzido por Clovinho Guerra, apresentador de vários festivais de música por todo o Brasil. Foram 12 concorrentes, disputando os prêmios de R$ 3 mil (primeiro lugar), R$ 2 mil (segundo lugar) e R$ 1 mil (terceiro lugar).
O júri do FESMIA foi composto por respeitados músicos do Conservatório Musical de Tatuí: o flautista da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo, Otávio Blóes; o professor de violão 7 cordas, prática de choro e coordenador da área de choro do conservatório, Alexandre Bauab Jr.; e o músico Claudio Sampaio (Cambé).
Gilson Câmara, secretário municipal de Cultura, destacou a pluralidade dos artistas que se apresentaram no evento. “A proposta do festival é justamente a de unir músicos de formação erudita e popular. Essa fusão enriquece o vocabulário de todos eles, que carecem de espaço para difundir a música instrumental”, disse. Câmara lembra ainda que chamou a atenção o bom desempenho artístico de instrumentistas e conjuntos instrumentais de Avaré nos mais diversos estilos e gêneros. De todas as edições realizadas, esta foi a primeira que premiou os participantes.
 Bruno Werner
O vencedor do VI FESMIA, Bruno Werner, começou a tocar bateria e violão aos 5 anos de idade por influência de sua família na igreja. Aos 10 anos já tocava com diversas bandas de rock, pop, gospel, entre outros estilos.
Aos 13 anos começou estudar música formalmente, logo em seguida começou a ministrar aulas particulares e em escolas de música de Avaré, estudou com Francisco Domene, Alex Buck, Oscar Bolão, César Machado, Paulo Del Nery entre muito outros professores.
Aos 16 iniciou-se nos estúdios de gravação, gravando os mais diversos gêneros musicais. Recentemente foi ganhador do concurso nacional de divulgador oficial por 1 ano da marca de baterias Nagano o que lhe rendeu um prêmio de uma bateria Nagano Concert Full. Bruno concluiu bacharelado em música e continua com os estudos de bateria e pesquisas musicais, aperfeiçoando-se em diferentes linguagens, estilos e também segue fazendo freelances e gravações.
Público curte a primeira edição
do Coreto Cultural
Dois shows animaram o Largo do Mercado no sábado, 26 


A primeira edição do Projeto Coreto Cultural, da Prefeitura da Estância Turística de Avaré, realizado pela Secretaria Municipal da Cultura, aconteceu no sábado, 26, no coreto do Largo do Mercado. Nos dois shows, o público presente no centro comercial da cidade vibrou com a qualidade do repertório apresentado em praça pública. Subiram ao palco o Clube do Choro de Avaré pela manhã e a Jonh Brass Orchestra à tarde.
Os amantes do chorinho apresentaram um set voltado para os grandes mestres do gênero como Waldir Azevedo, Jacob do Bandolim, Severino Araújo e outros. Altino Toledo, um dos fundadores do clube, enalteceu a iniciativa do projeto, que é de oferecer música de boa qualidade e cultura em praça pública. O grupo é formado por Altino Toledo (bandolim), Flávio Calamita (cavaco), Sérgio Ornellas Fragoso (pandeiro), Léo Minoru Ozawa (violão), e mestre Antônio Teixeira (violão 7 cordas).
Formada em 2013 pelo músico avareense João Mateus Rubio Arruda, a John Brass Orchestra levou ao público célebres sucessos internacionais, executando os mais diversos ritmos, como mambo, salsa, merengue, valsa e outros. A John Brass é formada por Cristiano Alves (Kryzz) - cantor, Michelle Oliveira - saxofone alto, Guilherme Andrades - sax alto, Antonio Silva - sax tenor, Leonardo Moraes - sax tenor, Marcello Fonseca - sax barítono, João Arruda - trombone, Fernando Rizzo - trombone, Difiore - trombone, Lucas Alves - trompete, Diego Junior - trompete, Olavo Prestes - trompete, Wagner Pereira - trompete, Mauricio Bruno Damião - contrabaixo, Danilo Senegalia - guitarra, Géssica Dorth - piano, Watcho Parizze - bateria.