FAMPOP 2017

FAMPOP 2017
Espaço cedido para Cultura de Avaré

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

JORNAL DA CIDADE - Educação

Plano Municipal da Educação define 
metas para os próximos 10 anos 
Documento elenca ações para o desenvolvimento educacional em Avaré 
Prefeito Poio Novaes e a secretária de Educação, Lucia Lélis com o documento lançado pelo Governo Municipal

Após amplo estudo acerca dos desafios educacionais no município de Avaré, a Secretaria Municipal de Educação, com aprovação do Poder Legislativo e participação de vários setores da sociedade, finalizou a elaboração do Plano Municipal de Educação (PME). 
Com validade de 10 anos, o PME 2015-2025 tem conteúdo integrado ao Plano Nacional da Educação e visa adequar à realidade local as políticas educacionais através de metas e ações para o desenvolvimento da educação escolar. Instrumento decisivo e estratégico para o presente e o futuro da educação, o PME permite diagnosticar as reais necessidades a serem atendidas na Educação e inclui as prioridades na aplicação de recursos a fim de oferecer educação de qualidade para todos, formar cidadãos conscientes, com valores e atitudes éticas, solidárias e democráticas. 
Entre suas metas, estão em destaque: a elevação global do nível de escolaridade da população, a melhoria da qualidade do ensino em todos os níveis, a redução das desigualdades sociais e regionais no tocante ao acesso e à permanência na educação pública e a democratização da gestão. O texto do plano leva em consideração as referências da realidade local e as ações solicitadas pela Constituição Federal, Lei de Diretrizes e Bases (LDB), Plano Nacional da Educação, Plano Plurianual (PPA), Plano de Ações Articuladas (PAR) e da Lei Orgânica do Município. 
"Temos de encarar o PME como uma oportunidade para encarar o futuro da Educação municipal. O avanço das tecnologias e sociedade em constante transformação nos dias atuais exige dinamismo do poder público em sua tomada de decisões, especialmente no âmbito da Educação", ressalta o prefeito Poio Novaes Segundo a Lei 1921, que aprovou PME, estão entre as diretrizes do plano: erradicação do analfabetismo, formação para o trabalho e a cidadania, a promoção cultural, humanística e tecnológica do município. 
Para implantação das ações traçadas no plano, a Secretaria da Educação prestará os serviços educacionais com a participação da comunidade escolar, do Conselho Municipal da Educação (CME), Conselho Municipal de Controle e Acompanhamento Social do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação Básica (CACSFUNDEB), Conselho Municipal da Alimentação Escolar (CAE) e demais colaboradores, atuando com ética e transparência na gestão.
Os trabalhos para a reelaboração do PME tiveram início em 2013, com participação de técnicos da Secretaria Municipal da Educação nas reuniões de formação, organizadas pela Associação dos Municípios do Vale do Alto Paranapanema (Consórcio AMVAPA), ministradas pela Oficina Municipal, através do Programa Melhoria da Educação do Município, com apoio da Fundação Itaú Social. Ao longo dos últimos dois anos, técnicos da Educação organizaram câmaras temáticas de discussão. Órgãos públicos e privados foram convidados a participar. Também participaram dos debates representantes do Instituto Federal São Paulo, da Etec Professor Fausto Mazzola e da Secretaria de Estado da Educação – Diretoria de Ensino da Região de Avaré.