domingo, 12 de março de 2017

Secretaria apoiará o projeto "Caminhos para a Cidadania" nas escolas municipais

 Ação socioeducativa que tem foco em segurança no trânsito, mobilidade urbana, meio ambiente e cidadania, o projeto “Caminhos para a Cidadania” será novamente implantado nas escolas municipais em Avaré pela CCR SPVias com o apoio da Secretaria Municipal da Educação.
LEIA MAIS 🔻
“A proposta é oferecer uma abordagem didático-pedagógica, desenvolvida para se trabalhar de forma transdisciplinar. O objetivo principal é contribuir para uma comunidade mais consciente, preservando vidas e formando jovens cidadãos”, explica a coordenadora do projeto, Débora Aguiar.
“Caminhos para a Cidadania” promove atividades complementares em sala de aula, as quais se desenvolvem ao longo do período letivo, com a finalidade de contribuir para a formação integral dos alunos. As principais atividades são: Blitz educativa, Campanha Caminhos, Arte e Cidadania (4º. ano), Campanha Caminhos para a Cidadania (5º. ano) e apresentação teatral.
Segundo Alexandre Conrado, relações institucionais da CCR SPVias, o projeto conta com um material didático exclusivo. “Além disso, os educadores recebem capacitação específica por meio de encontros pedagógicos, nos quais aprendem a maneira mais fácil e divertida de disseminar os conceitos às crianças”.

Encontro de coordenadores

Na segunda-feira, 6 de março, a CCR SPVias realizou em Tatuí, o encontro de secretários de Educação e coordenadores para apresentação institucional e divulgação do calendário anual de atividades.
Na oportunidade, a secretária de Educação do município, Josiane Lopes de Medeiros, a coordenadora técnica Alexandra Príncipe Aires Homem de Mello e a assessora Márcia Cristina Roldão viram o espetáculo “A culpa é de quem?”, que propõe o diálogo entre o mundo real e o virtual, abordando o bulling, e as novas tecnologias.
Nos meses de abril e maio a encenação será apresentada aos alunos da região. Em Avaré o espetáculo será apresentado no próximo dia 10 de maio no Auditório Elias Ward, no Centro Cultural Esther Pires Novaes, para os alunos do 5° ano das escolas municipais.