quarta-feira, 31 de maio de 2017

PEÇA “AMOR, MAR E FÚRIA” ALCANÇA 3.420 ESPECTADORES


Distribuído por 10 cidades visitadas, público aproveitou o espetáculo gratuito que une teatro, música, dança e circo.
LEIA MAIS 🔻

Com uma apresentação em Ourinhos, o Teatro de Tábuas finalizou a circulação da peça musical “Amor, Mar e Fúria” por 10 cidades da Bacia do Paranapanema. O espetáculo itinerante previa encerrar a turnê em Avaré, no dia 20; no entanto, por causa do mau tempo, Ourinhos precisou adiar a atração do 19 para o dia 26. Ao todo, 3.420 espectadores aproveitaram o evento em espaços públicos nas cidades visitadas. Além de Ourinhos e Avaré, “Amor Mar e Fúria” esteve em Paraguaçu Paulista, Cândido Mota, Timburi e Ibirarema, do lado paulista da Bacia do Paranapanema, e em mais quatro cidades paranaenses. 
Patrocinado, via Lei Rouanet, pela Rio Paranapanema Energia, uma subsidiária do Grupo CTG no Brasil, o musical contou com oito atores-cantores, dois artistas circenses e uma banda musical, ao vivo, para contar a história de amor entre um capitão de fragata e uma princesa. Com 15 metros de comprimento por 12 metros de altura, a carreta-palco do projeto tem cenário hidráulico – um barco em tamanho real, com movimentação – e palcos laterais giratórios, além de iluminação e sonorização. Para assistir ao grandioso espetáculo, bastou o público comparecer levando as próprias cadeiras. 
“O Teatro de Tábuas é a maior companhia de teatro itinerante do país com espetáculos de grande magnitude, a céu aberto. Nossa proposta é democratizar a arte: levar grandes estruturas a pequenas e médias cidades, proporcionando o acesso a essas comunidades”, expõe o produtor da companhia, Peterson Ricardo.
De acordo com o gerente da Responsabilidade Social da Rio Paranapanema Energia, André Guimarães, esta etapa do projeto atendeu às expectativas da companhia patrocinadora: “É um projeto de grande relevância cultural e as comunidades aprovaram plenamente, com grande comparecimento do público. Estamos gratificados com o sucesso da turnê”, expõe Guimarães.

Sobre o Teatro de Tábuas

ONG fundada em 1999, atua em todo o território nacional criando e realizando projetos de democratização do acesso à cultura, descentralizando a produção e apresentação de bens culturais. Para isso, promove parcerias com o setor público, com a iniciativa privada e instituições do terceiro setor.

 Sobre a Rio Paranapanema Energia

A Rio Paranapanema Energia, uma empresa da China Three Gorges Corporation (CTG) no Brasil, opera e administra 10 usinas hidrelétricas, oito ao longo do rio Paranapanema, entre os estados de São Paulo e Paraná, e duas PCHs, localizadas no Rio Sapucaí-Mirim, nas cidades de Guará e São Joaquim da Barra, em São Paulo. Juntas, as duas operações contam com 2.274 megawatts (MW) de capacidade total instalada. A empresa também conta com uma sede administrativa localizada na cidade de São Paulo.

China Three Gorges Corporation

A China Three Gorges Corporation (CTG) é um grupo de energia limpa focada no desenvolvimento e operação de hidrelétricas de grande porte. A CTG também está envolvida em negócios de energia renovável, incluindo a energia eólica e a solar.
Presente em 40 países, a CTG é o maior produtor mundial de energia hidrelétrica com capacidade instalada de cerca de 100 GW, considerando-se usinas em operação e construção. Em 2015 a CTG produziu 200,98 TWh de eletricidade.
O Brasil é um país prioritário na estratégia de crescimento internacional da CTG. Desde que chegou ao país, em 2013, a CTG vem ampliando seus investimentos no país para se tornar uma empresa de energia limpa relevante. Sua subsidiária local, a CTG Brasil, é atualmente a segunda maior empresa privada de geração de energia do Brasil, com capacidade instalada de 8,27 GW. Somente em 2016, a CTG produziu 262.6TW de energia limpa.
Para mais informações: www.ctgbr.com.br