terça-feira, 20 de junho de 2017

AVARÉ PARTICIPA DO ENCONTRO PAULISTA DE MUSEUS

Após participar da abertura do 9º Encontro Paulista de Museus, o secretário da Cultura do Estado de São Paulo, José Luiz Penna, realizou, na manhã de ontem, dia 19, uma reunião com prefeitos e dirigentes de Cultura de 30 municípios, incluindo Avaré. O objetivo do encontro foi promover a maior integração dos gestores municipais com a equipe da Secretaria da Cultura do Estado e divulgar os programas de incentivo para a área de museus.

LEIA MAIS🔻

Segundo Penna, a maior eficiência e qualidade da gestão na área museológica depende da aproximação dos técnicos do Estado, em especial por meio do Sistema Estadual de Museus de São Paulo (SISEM-SP), com os produtores, artistas e gestores dos municípios. “A participação de cada cidade, independente do porte ou localização, é fundamental para o fortalecimento do setor e para o fomento de políticas públicas que promovam o desenvolvimento dos museus”, afirmou o secretário.
A diretora de Cultura e Eventos de São Bento do Sapucaí, Jane Soldtner, disse que a manifestação espontânea dos gestores públicos municipais foi extremamente valiosa para esclarecer dúvidas, especialmente de quem assumiu o posto este ano. “Tenho certeza de que este encontro abriu muitas portas e divulgou informações relevantes para que os municípios se organizem de forma a otimizar os recursos disponíveis na área”, explicou Jane.
No evento, a equipe técnica da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo apresentou os programas de incentivo existentes para a área museológica e para outras áreas de cultura. Além disso, foi enfatizada a importância de cada município desenvolver seu Plano Municipal de Cultura, fortalecer os conselhos nesta área e incentivar os artistas e instituições locais a participarem com projetos nos editais disponíveis na área de difusão e preservação de acervos museológicos.
Davidson Panis Kaseker, diretor do Grupo Técnico de Coordenação do Sistema Estadual de Museus de São Paulo (SISEM-SP), reforçou que quanto maior a demanda dos municípios em projetos inscritos, mais força o setor ganha. “A quantidade e qualidade dos projetos apresentados nos Programas de Incentivo são termômetros para que possamos direcionar os recursos e as políticas públicas na área museal. Estamos à disposição para esclarecer as dúvidas e orientar sempre que necessário para que consigamos, juntos, bons resultados”, enfatizou Kaseker. 
Da assessoria de imprensa.