quinta-feira, 14 de setembro de 2017

APRESENTADOR É PRESO DURANTE PROGRAMA NO RÁDIO

Ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho foi preso na manhã desta quarta-feira, 13, durante a transmissão do programa apresentado por ele na Super Rádio Tupi. Os agentes da Polícia Federal estiveram por volta das 10h30 na porta da emissora, em São Cristóvão, Zona Norte carioca. As informações são do jornal O Globo.
LEIA MAIS⬋

A Polícia Federal cumpriu mandado de prisão domiciliar quando o apresentador comandava o programa ‘Show do Garotinho’, que vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 9h às 11h. 
O ex-governador deixou a transmissão durante intervalo comercial. O carro da PF levou Garotinho para Campos dos Goytacazes, cidade do norte fluminense onde ele terá de cumprir prisão domiciliar.
Como o Garotinho foi levado pelos agentes da Polícia Federal durante o comercial, ao retornar a sua programação, a direção da Super Rádio Tupi escalou um substituto, que mentiu para o público. O comunicador não avisou que o titular havia sido detido em pleno estúdio. A alegação foi que, entre o início e o fim do intervalo, o apresentador “vai se cuidar” porque a “voz foi embora”.

Preso por causa de fraude em eleições

Anthony Garotinho é réu em decorrência da Operação Chequinho, que investiga suposta fraude nas eleições municipais de Campos no ano passado com o uso do programa assistencial Cheque Cidadão. A ordem de prisão foi emitida pelo juiz Ralph Manhães.
O ex-governador já havia sido preso preventivamente em novembro de 2016 – após decreto do juiz Glaucenir Silva de Oliveira –, junto com vereadores do município fluminense. Na ocasião, o apresentador da Super Rádio Tupi obteve habeas corpus do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
Em junho, o Ministério Público (MP) pediu a prisão de Garotinho, após a testemunha-chave da Operação Chequinho, Elizabeth Gonçalves dos Santos, denunciar à PF ter sofrido ameaças para não detalhar esquema que envolveria compra de votos em troca do cadastramento no programa Cheque Cidadão.

Político e radialista da Tupi

Ex-prefeito de Campos dos Goytacazes e ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho tem carreira no rádio. Antes de assumir parte da programação da Super Rádio Tupi em março deste ano, ele já tinha passado por emissoras menores e atuado pelo próprio veículo em 1993 – anos antes de ter sido eleito mandatário do estado. Na época em que o seu retorno à Tupi foi anunciando, reportagem do Portal Comunique-se registrou que o acerto poderia servir como “palanque” para o político-apresentador que é filiado ao Partido da República (PR) e almeja – ou almejava – disputar uma vaga no Senado nas próximas eleições.
Até o momento, a direção da Super Rádio Tupi não comentou a prisão de Anthony Garotinho e nem explicou qual será o futuro do ‘Show do Garotinho’ na programação.