terça-feira, 5 de setembro de 2017

Lançado Projeto Geladeiroteca no Centro de Saúde (Postão)

Funcionários da Cultura com o Cartunista Flavio de Oliveira, autor dos desenhos da primeira geladeiroteca (foto Fernanda Castellucci).
MAIS FOTOS CLIQUE AQUI

Com o slogan “Livro vai, livro vem, boa leitura aqui sempre tem”, o projeto Geladeiroteca foi lançado na manhã do dia 5 no Centro de Saúde da Rua Acre. Trata-se de uma “geladeira” recheada de livros, que ficará à disposição da comunidade, de forma gratuita, oportunizando a todos o acesso à leitura.
LEIA MAIS🔻


“Nossa proposta é uma ação cultural para beneficiar o maior número de pessoas e foi aí que formatamos a ideia de desenvolver o projeto da Geladeiroteca. Nessas geladeiras os leitores vão ter acesso gratuito aos mais diversificados títulos, desde livros infantis até grandes obras literárias, todos doados”, destaca o secretário da Cultura, Diego Beraldo.
A bibliotecária Suzely Dainezi, responsável pela implantação do projeto, ressalta que a iniciativa já existe em outros municípios e deve ganhar adeptos em Avaré. “Queremos instigar a leitura nos adultos para servirem de exemplo às crianças”, comenta, ao ponderar que o gosto pela leitura começa pelos pais e familiares. 
Como funcionará o projeto?
Uma geladeira sem uso, mas em bom estado de conservação, foi doada pela Avagel à Secretaria da Cultura, que a adaptou para motivar o interesse do público para a leitura. O desenhista Flávio de Oliveira, convidado, voluntariamente fez as ilustrações externas. O projeto conta também com apoio da Snitram e da Girassol Material de Construção. 
A primeira geladeiroteca será em seguida instalada no corredor de entrada do Centro de Saúde I, na Rua Acre, “Pretendemos disponibilizar mais unidades também em locais públicos e estabelecimentos com grande circulação de pessoas”, anuncia Suzely.
Inicialmente cerca de 100 livros estarão à disposição do projeto. Os mesmos podem ser retirados gratuitamente para leitura e devolvidos ou não. Quem desejar também pode doar exemplares colocando na geladeiroteca, a fim de que mais pessoas possam se interessar por diferentes tipos de leitura.