Mulher morre por suspeita de reação à vacina da febre amarela



Uma mulher de 57 anos morreu na Santa Casa de Jaú por suspeita de reação à vacina da febre amarela.
Segundo informações de boletim de ocorrência, a mulher teve meningite quando criança e era sempre acompanhada ao médico por parentes.
No dia 18 de janeiro, a mulher tomou a dose da vacina e, na madrugada seguinte, começou a ter falta de ar. O quadro dela evoluiu para febre e inchaço do coração. O corpo foi transferido para o laboratório de patologia da Unesp de Botucatu, onde foram coletadas algumas amostras a fim de descobrir a causa da morte.
A Vigilância Sanitária e departamento epidemiológico do estado foram comunicados. A Santa Casa, inicialmente, registrou um boletim de ocorrência como morte suspeita.
De acordo com o BO, o quadro clínico suspeitava que a mulher morreu por conta da vacina. Porém, no mesmo dia, a Santa Casa registrou um complemento como morte natural, já que a responsabilidade do laudo necroscópico ficou com a Unesp.
O hospital relata que todas as medidas da vigilância epidemiológica foram tomadas. Só será possível obter um boletim médico confirmando ou não a suspeita de febre amarela após o resultado da necrópsia ser divulgado.
Com informações dos sites G1 e Acontece Botucatu.


Comentários