Temos uma visão equivocada de padrões de beleza


A beleza de um corpo não se resume a estética física, mas sim, a sua história de vida. A beleza é um conjunto de fatores, de qualidades e de comportamentos que se conectam na construção de uma personalidade autêntica. A beleza física é efêmera, subjetiva, relativa e não pode depender do valor do olhar de quem a observa. Se o outro não te valoriza tenha certeza que ela não deve ser uma pessoa bonita.
Uma pessoa bonita tem atitudes encantadoras, ela se nutre com pensamentos positivos, com sabores que lhe dão prazer. Ela não se prende a um padrão. Essa pessoa valoriza seus sentimentos, suas vontades, seus limites, busca ajuda pra tratar dos seus medos. Ela é sincera consigo mesma, se vê no espelho e se valoriza, se considera linda.
Cada pessoa é reflexo de sua história. E por mais que algumas histórias tenham sido sofridas, duras, sem mordomias, existe uma força que a mantém em pé, independente dos conflitos passados. O belo está na força de cada corpo em se manter vivo. A cultura da ditadura da beleza fez com que as pessoas acreditassem que existe uma única beleza exemplar, ignorando a diversidade dos corpos e suas vivências.
Não existe beleza numa pele se não houver uma mente aberta, um coração que suspira por novos dias. A boniteza física é apenas uma máscara, uma capa, que muda conforme o tempo. O organismo do ser humano com o passar do tempo envelhece, perde pique, mas, a mente aberta acompanha o tempo e as mudanças. A mente aberta é flexível, se mantém jovem pra enfrentar qualquer situação. E é o que dá energia pro corpo criar coragem e continuar se movimentando pra se manter perfeito, no que cada um considera perfeito diante de seus limites.
A beleza de um corpo está numa mente sã, numa mente aberta para acompanhar as novas gerações. Que não se compara com ninguém, que valoriza o próprio espelho e seus semelhantes.
Um corpo belo é um conjunto de qualidades, são todos membros do corpo em perfeita sincronia. Feliz de quem consegue manter uma "mente jovem", o corpo preparado para avançar no tempo e uma alma agradecida por toda experiência vivida.

FOTOS: ILUSTRATIVAS

MICHELLE CRUZ

Em formação na escola da vida, uma artista-arteira, e também, comunicóloga. Fazendo da sua vida uma obra-prima, falando da vida e do mundo que a influencia.