Homem é preso pela Polícia Civil de Avaré enquanto passava pela perícia para aposentadoria





A Polícia Civil de Avaré, por meio da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e do Grupo de Operações Especiais (GOE), prendeu um homem condenado por dupla tentativa de homicídio que se encontrava foragido desde 2016. Segundo o boletim de ocorrência, ele foi capturado no momento em que passava por perícia médica no posto do INSS da cidade, na manhã desta terça-feira, dia 16/04.

L. C. R. J., de 47 anos, tentou matar a facadas um Guarda Municipal de Sorocaba e o irmão dele no ano de 2011, durante um desentendimento entre eles ocorrido no município de Campina do Monte Alegre.  De acordo com a DIG, L. chegou a ficar preso por sete dias na época do crime, contudo, foi solto para responder em liberdade.

Réu em processo criminal que tramitou no Fórum da Comarca de Angatuba, o acusado recebeu condenação de 11 anos e 4 meses de reclusão em regime inicial fechado, sentença que, agora, deverá cumprir.

Ainda segundo a DIG, L. declarou que havia se escondido na Bolívia e que estava em Avaré há menos de cinco dias, exclusivamente para passar por perícia médica para fins previdenciários. Contudo, sua condenação criminal foi descoberta e ele acabou sendo preso.  

Após as providências de Polícia Judiciária no Plantão Policial de Avaré, o homem foi transferido para o Centro de Detenção Provisória de Cerqueira César.

FONTE SUDOESTE PAULISTA CLIQUE AQUI

INSTAGRAM

Copyright © REDE GUMA. Designed