INOVANDO NA MEDICINA E TERAPIAS, BRASILEIRA FAZ SUCESSO NO EXTERIOR

Palestra e lançamento de livro em Avaré

Será ministrada no próximo dia três de maio, às dezenove horas, no Centro Cultural Esther Pires Novaes – na Rua Ceará, 1507, a palestra da renomada pesquisadora brasileira, Anna Lou Olivier, reconhecida pela comunidade científica internacional como a descobridora do distúrbio denominado ”Dislexia Adquirida”, do qual ela mesma foi vítima, ao se afogar em 1977, aos dezesseis anos de idade, tendo sido desenganada pela Medicina da época, condenada a uma vida vegetativa.
Graças à sua imensa força de vontade, Anna estudou sozinha seu próprio distúrbio, cursou sete faculdades, escreveu diversos livros e encontrou a cura para o que deveria ser a sentença de morte em vida para milhões de pessoas ao redor do mundo. Hoje, depois de apresentar suas pesquisas em simpósios médicos no Canadá, Irlanda, Malásia e Estados Unidos, a literatura científica internacional se curva diante das evidências apresentadas por essa brasileira que pesquisa sem patrocínio algum e que viaja o mundo pagando tudo sem patrocínio, apenas com a venda de seus livros.
Avaré receberá essa ilustre visitante, que cobra por suas palestras apenas um donativo para ajudar animais abandonados. Quem for assistir à palestra, é convidado a colaborar com um saco de areia higiênica ou ração para gatos, bem como jornais velhos e desinfetante, que serão destinados a protetores e ONGs locais. Aqueles que desejarem adquirir o novo livro de Anna, são incentivados a colaborar com o valor de quarenta Reais, recebendo no dia da palestra um livro autografado pela autora.
O livro “Dislexia, Dislexia Adquirida e Disgrafia”, além da palestra, intitulada “Dificuldades de Leitura”, são de interesse de qualquer pessoa que tenha cérebro e que esteja sujeita a um acidente banal, o qual pode trazer sérias sequelas. Não espere ouvir na grande Imprensa as verdades que Anna divulga, pois elas são de interesse das vítimas de acidentes e não do sistema comercial que impõe tratamentos caríssimos e que duram longos anos, pois veem tudo pela ótica do lucro, ao contrário de Anna, que sofreu na carne a dor dos pacientes e resolveu dividir tudo que descobriu com a sociedade, lembrando que somos todos irmãos e não meros fregueses dos médicos.
Se isso lhe toca, que tal adquirir antecipadamente um exemplar do livro de Anna Lou Olivier? Ele está sendo vendido pelo valor promocional de quarenta Reais, não temos maquininha, mas aceitamos dinheiro e cheque pré. Você compra um livro e nós usamos o dinheiro para pagar a gasolina e o pedágio, aí, você assiste à palestra e descobre a MATRIX em que estamos todos mergulhados e a quantidade de coisas que o interesse comercial impede o povo de saber. Quarenta Reais podem definir de que lado você está, luz ou trevas.
  • Adquira seu livro, - Erasmo de Oliveira (11) 949 441 275. Assim, você patrocina a viagem da Anna até Avaré e assiste a uma palestra muito útil!

SERVIÇO:
Palestra “Dificuldades de Leitura” e Lançamento do livro “Dislexia, Dislexia Adquirida e Disgrafia”; Palestrante/Autora: Anna Lou Olivier; Centro Cultural Esther Pires Novaes – na Rua Ceará, 1507; 03/05/2019 – 19:00;
Entrada franca, sendo aceitos donativos em forma de areia e ração para gatos, jornais velhos e desinfetante;
Haverá livros à venda no evento e antecipadamente.
Maiores informações:
- Erasmo de Oliveira MTPS 67110-SP (11) 949 441 275 - Guma Castellucci: (14) 99774 6933

VEJA MAIS SOBRE
  • ANNA LOU ESTARÁ EM AVARÉ DIA 3 DE MAIO DE 2019 PARA UMA PALESTRA 
NÃO DEIXE DE LER ESTA MATÉRIA EXCLUSIVA
a conquista de uma brasileira que foi CONVIDADA a palestrar em diversos congressos no exterior, tendo suas pesquisas publicadas em importantes periódicos científicos internacionais, mas acima de tudo o EXEMPLO DE SUPERAÇÃO, ao ser desenganada por diversos dos melhores profissionais da época, Anna partiu para a pesquisa sozinha (com ajuda de amigos que liam para ela e com muito estudo e pesquisas) e detectou um novo distúrbio, criou uma nova técnica terapêutica e inovou todo o conceito de medicina e terapias.
  • Ignorada pela Imprensa brasileira, Anna Lou faz sucesso no exterior 
Anna Lou Olivier em Harvard
Anna Lou esteve em Boston, no período de 26 a 31 de julho, ocasião em que participou como speaker (congressista) no Movement and Cognition que aconteceu em JBM Center at Harvad Medical School. Tão logo souberam da presença de Anna neste congresso, os competentes jornalistas da Nossa Rádio USA se dispuseram a entrevistá-la. Porém, pelo exaustivo horário do congresso e por questões de deslocamento, não foi possível fazer a entrevista pessoalmente. Ainda assim, os excelentes profissionais da conceituada rádio, não mediram esforços para realizar a entrevista.
A entrevista foi feita quando Anna já estava retornando ao Brasil, entre dias 30 e 31 de julho de 2018. Anna foi entrevistada via telefone, já estando prestes a embarcar no Aeroporto de Boston.
No Brasil, A REDE GUMA DE COMUNICAÇÃO E EDUCAÇÃO é o primeiro único orgão de imprensa a divulgar este fato. por NENHUM veículo de
"Nossa Assessoria de Imprensa empenhou-se em enviar releases a TODAS as redações, frisando não só a conquista de uma brasileira que foi CONVIDADA a palestrar em diversos congressos no exterior, tendo suas pesquisas publicadas em importantes periódicos científicos internacionais, mas acima de tudo o EXEMPLO DE SUPERAÇÃO, ao ser desenganada por diversos dos melhores profissionais da época, Anna partiu para a pesquisa sozinha (com ajuda de amigos que liam para ela e com muito estudo e pesquisas) e detectou um novo distúrbio, criou uma nova técnica terapêutica e inovou todo o conceito de medicina e terapias. E sua principal conquista, sendo uma disléxica adquirida, conseguiu, pela primeira vez, viajar ao exterior sozinha, ministrar suas apresentações de temas (palestras) e retornar ao Brasil. Esta, sem dúvida, foi a maior conquista. Diante de tudo isso, a imprensa brasileira se calou, alguns se posicionaram à procura de um “gancho” para entrevistá-la. Porém, até hoje, não localizaram o tal “gancho”", disse Anna Lou.
"Enquanto isso, a imprensa no exterior mostrou mais uma vez porque se destaca e tem muito mais credibilidade. Parabéns aos produtores, locutores e demais técnicos que levam ao ar, diariamente, os programas da Nossa Rádio nos Estados Unidos. Parabéns a todos os Jornalistas que buscam notícias verdadeiras. Parabéns a todos que fazem do Jornalismo, um meio para divulgar verdades e notícias relevantes", Comentou a pesquisadora em tom de desabafo (justificável).
NOTA:
A pesquisadora irá realizar uma palestra sobre este trabalho, no Centro Cultural Esther Pires Novaes as 19h30 do dia 3 de maio de 2019.
Entrada de graça sendo opcional a doação de areia e um kilo de ração, aceitando TAMBÉM  de jornais velhos que serão destinados a ONG AMOR DE 4 PATAS.

INSTAGRAM

Copyright © REDE GUMA. Designed