INSS: Criminosos usam pandemia para obter dados de benefícios

Segundo o INSS informou que golpistas estão telefonando para segurados, aposentados e pensionistas para pedir dados pessoais ou o número do benefício.  
  • Com as informações obtidas, quadrilhas especializadas em fraudes financeiras podem realizar compras ou fazer empréstimos em nome do segurado.
Com as informações obtidas, quadrilhas especializadas em fraudes financeiras podem realizar compras ou fazer empréstimos em nome do segurado, entre outras ações capazes de causar grandes prejuízos 

Ao entrar em contato, os criminosos se passam por atendentes da Central 135, que é utilizada pelo INSS para receber e fazer chamadas para os segurados.  
Esse tipo de golpe exige ainda mais atenção dos segurados. Com as agências fechadas devido à pandemia, o INSS passou a telefonar e a mandar mensagens por SMS com frequência para cidadãos que solicitaram benefícios, mas precisam cumprir exigências para que os pedidos sejam analisados. 

  • O INSS não pede confirmação de dados 

O instituto alerta que quando entra em contato com o segurado, não pede a confirmação de dados pessoais ou o número do benefício. Em regra, o atendente da Central 135 fornece orientações sobre como proceder para o envio da documentação. O instituto ainda informa com exatidão qual a pendência no requerimento.  
Caso receba uma ligação pedindo dados pessoais e informação sobre o benefício, o segurado deve encerrar a ligação e entrar em contato com o INSS pelo telefone 135. Para cumprir a exigência enquanto as agências estão fechadas, é necessário baixar o aplicativo Meu INSS ou acessar o site meu.inss.gov.br 

Postar um comentário

0 Comentários