Governo do Estado de São Paulo vai isentar taxas para abertura de empresas por 60 dias


 

Desde o dia 25 de agosto DE 2020, a abertura de empresas no Estado de São Paulo ficará isenta de taxas durante 60 dias. Foi isso o que anunciou o governador João Dória (PSDB) em entrevista coletiva concedida em 24 de agosto, no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo estadual.


    FOTO MONTAGEM

Segundo Dória, a medida visa estimular a retomada econômica e a atividade empreendedora. Estão isentas de taxas de abertura na Junta Comercial do Estado de SP (Jucesp) as empresas classificadas como Limitada (Ltda), Empresário Individual por Responsabilidade Limitada (Eireli), Sociedade Anônima (S/A), Empresa Pública, Empresário Individual (EI) e Sociedade Cooperativa.

 

De acordo com informações do governo estadual, foram abertas 21.688 empresas no mês de julho no estado, de acordo com dados da Jucesp. O número é 8% maior do que o registrado no mesmo mês no ano passado.

 

Dória comemorou estes números ao dizer que "no mês de julho, o Estado de São Paulo bateu recorde com 21.688 empresas abertas. É um recorde histórico. É um bom sinal, de que gradualmente a economia de São Paulo está se recuperando".

 

Abertura de novas empresas

 

Julho também teve um saldo positivo entre o total de empresas abertas e o número de empresas fechadas. Foram 10,7 mil empresas abertas a mais do que empresas fechadas. Entre abril e junho, o saldo havia sido menor do que nos mesmos meses do ano anterior. Em julho, o saldo foi 9% maior que no ano passado.

 

Do total de empresas abertas em julho, 30% são do setor de comércio, categoria que lidera a abertura de novos CNPJ no estado. A categoria de atividades administrativas e serviços complementares ficam em 2º lugar, com 11,8% das empresas abertas no mês, seguida por atividades profissionais, científicas e técnicas, com 11,6%.

 

Em relação à categoria jurídica das empresas abertas em julho, 20% são empresas individuais, como microempreendedores individuais.

 

Conselheiros do CRCSP na Jucesp

 

Os conselheiros do CRCSP que representam a entidade na Jucesp como vogais, Inez Justina dos Santos e Jairo Balderrama Pinto, comemoraram a isenção de taxas para a abertura de empresas nos próximos 60 dias. "O governo do Estado de São Paulo agiu de maneira correta ao incentivar a abertura de novos empreendimentos. Certamente, é uma medida que ajuda os negócios na retomada da economia".

 

Jairo Balderrama concorda com Inez e ainda acrescenta que "os empreendedores precisam de incentivos para poder atravessar esta fase difícil da economia do país. Novos empreendimentos, com certeza, ajudarão na criação de novos empregos, crucial para este momento."

Postar um comentário

0 Comentários