MORRE PROFESSORA DÉBORA ALVES

Uma docente avareense, de apenas 41 anos, perdeu a vida em um acidente de trânsito.



Bombeiros disseram que a professora Debora Alves tinha sido levada ao PS com politraumatismos e, uma foto com o capacete que ela usa usava, preso debaixo do carro, era um mal presságio. Depois de lutar pela vida, Debora não resistiu aos ferimentos e faleceu no final da tarde de 15 de outubro de 2020.

Debora Alves era professora municipal e lecionava na Educação Infantil de Avaré. Consternados, amigos postaram nas redes sociais: “Hoje nosso dia dos Professores, dia da profissão que escolhemos e vivenciamos juntas na educação infantil. Uma fatalidade da vida, levou nossa companheira, amiga…. estávamos mais juntas na CEI, do que em nossas casas.”

O FATÍDICO:

A soma entre chuva, pista molhada e excesso de velocidade (imprudência), pode ter provocado o acidente de trânsito envolvendo carro e moto, na manhã desta chuvosa quinta-feira, 15, na cidade de Avaré.

De acordo com o Corpo de Bombeiros o sinistro ocorreu na rua Marechal Rondon, Vila Martins II, pouco depois das 7:00h, deixando ferimentos graves na motociclista, uma mulher de 41 anos que foi parar debaixo do veículo.

A professora foi socorrida e levada pelos bombeiros até o Pronto Socorro, com ferimentos profundos numa das pernas, com evidente poli traumatismo.

O capacete da vítima ficou prensado debaixo do carro que acabou parando em cima da calçada, deixando evidente que o desfecho deste acidente de trânsito poderia ter sido muito pior para a motociclista.

É muito importante a atenção de todos quanto ao trânsito caótico de Avaré, principalmente em referência aos motoqueiros, vítimas frequentes do violento trânsito avareense. DO SUDOESTE PAULISTA

Postar um comentário

0 Comentários