OUÇA A RÁDIO GUMA CLIQUE ACIMA

Diretor do IBB ocupará o cargo de chefe de Gabinete da Reitoria da Unesp

JORNAL DO GUMA "EDUCAÇÃO"

  • Prof. Cesar Martins assumirá a função de "braço direito" do reitor a partir do dia 9/2



O professor César Martins, diretor do Instituto de Biociências da Unesp de Botucatu (IBB), foi indicado para assumir a função de Chefe de Gabinete da Reitoria da Universidade. Ele passará a ocupar o cargo oficialmente a partir do dia 9 de fevereiro, mas já atua no processo de transição.

O convite foi feito pelo novo reitor, professor Pasqual Barretti, docente da Faculdade de Medicina da Unesp de Botucatu (FMB), que foi empossado no dia 14 de janeiro, em cerimônia online. Professor Cesar segue no cargo de diretor do IBB até o dia 8 de fevereiro, quando será substituído pelo seu vice-diretor, o professor Luiz Fernando Rolim de Almeida, eleito para a gestão 2021-2025, ao lado do professor Fernando Zambuzzi.

Na entrevista a seguir, professor Cesar destaca que, como “braço direito do reitor”,  terá a função de ser um “facilitador e articulador do bom andamento da gestão”.Além disso, observa que a experiência acumulada como diretor do IBB foi fundamental para que pudesse aceitar o convite para o novo cargo estratégico.

O novo chefe de Gabinete da Reitoria da Unesp é formado em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) e tem mestrado e doutorado em Genética e Evolução pelo Centro de Ciências Biológicas e da Saúde da Universidade Federal de São Carlos (Ufscar). Já ocupou os cargos de chefe e vice-chefe do Departamento de Morfologia e diretor executivo e diretor presidente da Fundação do Instituto de Biociências (Fundibio). Atualmente ocupa o cargo de diretor do IBB/Unesp.

Confira abaixo a entrevista completa:

ACI/IBB -  Como surgiu o convite para que o senhor assumisse o cargo de chefe de Gabinete do reitor eleito, professor Pasqual Barretti? Como é a sua relação com o novo reitor?

Prof. Cesar Martins - Meu contato com o Prof Barretti se estreitou ao longo dos últimos quatro anos, enquanto estivemos, como diretores, à frente das nossas unidades da Unesp, IBB e FMB, respectivamente. Temos uma ótima relação profissional e pessoal, o que contribui muito para a rotina requerida para esta nova função.

ACI/IBB -  Muita gente não sabe exatamente a importância do cargo que o senhor assumirá. Poderia listar as principais atribuições do chefe de Gabinete e de que maneira elas contribuem para o bom funcionamento da Reitoria? Ele é mesmo o "braço direito" do reitor?

Prof. Cesar Martins - Sim, o chefe de gabinete é o braço direito do reitor, no sentido de ser o facilitador e articulador do bom andamento da gestão. Cumpre ao chefe de gabinete assistir a reitoria no estabelecimento, na manutenção e no desenvolvimento de suas relações externas e internas.

ACI/IBB -  De que maneira sua experiência como diretor do IB/Unesp contribuiu para que assumisse esse novo cargo? Quais são suas expectativas na função?

Prof. Cesar Martins - Certamente a experiência de quatro anos à frente do IBB/Unesp foram decisivas para que meu nome fosse aproximado a este cargo. No entanto, creio que isto também é reflexo da minha história acadêmica já bastante extensa e sólida como docente na Unesp. Toda a minha experiência é consequência do meu vínculo a uma das unidades mais produtivas da Unesp: o IBB de Botucatu, onde tive a oportunidade de experimentar grandes desafios. A função de chefe de gabinete exige muita habilidade de diálogo e acredito que melhorar a comunicação interna é nosso primeiro desafio. Precisamos também comunicar melhor o conhecimento produzido para a sociedade.

ACI/IBB - Além do seu, o IB forneceu outros nomes para cargos estratégicos na Reitoria. Na sua opinião, essas indicações demonstram a qualidade técnica do corpo docente do Instituto?

Prof. Cesar Martins - O IBB tem uma história bastante sólida e sempre contribuiu com a gestão da universidade, tendo nossos docentes e técnicos administrativos envolvidos nos colegiados e cargos da administração central. É muito gratificante, na condição de diretor do IBB, ver nomes dos nossos profissionais cogitados entre aqueles de grande relevância para colaborar com a gestão da nossa Unesp.

 ACI/IBB - Quais são suas expectativas para o futuro da Unesp em meio a tantas dificuldades de financiamento?

Prof. Cesar Martins - A Unesp tem um grande desafio pela frente. Temos enfrentado uma crise financeira que nos assola desde 2014, o que limitou drasticamente os investimentos em estrutura física e recursos humanos. A pandemia da COVID-19 agravou ainda mais este cenário. Temos uma comunidade interna cansada e com muitas dúvidas sobre o futuro. É momento de refletir sobre os erros e acertos do passado, resgatar a autoconfiança dos nossos profissionais e planejar a Unesp que queremos. A articulação com os diferentes setores da sociedade, atrelada à relevância social da Unesp, nos permitirá avançar na busca por uma diversificação cada vez maior das nossas fontes de recursos.

Postagem Anterior Próxima Postagem

INVISTA AQUI