Licenciamento anual sobe mais de 40% em SP, mas é possível pagar sem todo este aumento

  •  Quem é de São Paulo começou o ano sabendo que, se trocar de carro, terá que lidar com o aumento da cobrança de ICMS para novos e usados a partir de 15 de janeiro.

© Reprodução Certificado de Licenciamento e Registro de Veículos

Mas, dá para economizar no pagamento do licenciamento 2021. Desde dia 4 de janeiro de 2020 é possível pagar a taxa dos veículos registrados no estado de São Paulo com desconto. E ele é muito bem vindo, pois houve reajuste. 

O valor da taxa de licenciamento em 2021 será de R$ 131,80, um aumento de 40,4% frente a 2020. Mas pagando até 14 de janeiro, a taxa será de R$ 98,91 – ou 5,36% mais caro que em 2020.

Segundo o Detran-SP, o desconto é uma forma de estimular o pagamento do licenciamento junto com o IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor) – que pode ser quitado em cota única, com desconto, ou de forma parcelada. Até mesmo porque só é possível quitar o licenciamento após quitar o IPVA.

Será possível realizar o pagamento do licenciamento também de acordo com o final da placa seguindo o calendário oficial do Detran.

Vale lembrar que em 2021 não haverá cobrança de taxa do seguro DPVAT, conforme decisão do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP).

Quatro Rodas