Mais de 2300 profissionais da saúde receberam vacina contra a Covid-19 em Avaré

JORNAL DO GUMA "COVID-19" 
  • Balanço foi divulgado pela Secretaria Municipal da Saúde

Avaré contabiliza 2305 profissionais da saúde vacinados contra a Covid-19. O balanço é da Secretaria Municipal da Saúde. De acordo com os dados, 1375 pessoas foram imunizadas com a Coronavc. Outros 930 integrantes do grupo prioritário receberam a primeira dose da Oxford.

Novo lote

A pasta comunica ainda que o município recebeu 1340 doses nesta quarta-feira, 3.

Destas, 930 serão destinadas a profissionais da saúde. Outras 410 vacinas serão utilizadas na imunização de idosos com mais de 90 anos, etapa que começa na segunda-feira, 8.

  • A vacinação contra a Covid-19 para os grupos prioritários é realizada no Centro de Saúde I (Postão da Rua Acre, n° 1281).
Secretaria amplia vacinação para profissionais da saúde

Primeira etapa priorizou quem está na linha de frente no combate à Covid-19

Após priorizar quem está na linha de frente no combate à Covid-19, a Secretaria Municipal da Saúde passou a recomendar a vacinação para os demais profissionais da saúde.

A imunização, no entanto, será feita de acordo com a disponibilidade de doses. A recomendação agora passa a valer para trabalhadores de instituições de longa permanência de idosos e de residencias inclusivos (jovens, adultos e portadores de deficiência).

Outro grupo contemplado é formado por trabalhadores dos serviços de saúde públicos e privados, tanto da urgência quanto da atenção básica, envolvidos diretamente na atenção/referência para casos suspeitos e confirmados de Covid-19.

Hospitais públicos e privados com leitos (UTI e enfermaria) para tratamento de Covid-19 devem vacinar todos os funcionários do setor, além de profissionais de laboratórios que fazem a coleta de material e de bancada que realizam o processamento das amostras de pacientes com suspeita de Covid-19.

Estão inclusos ainda profissionais dos setores que fazem atendimento de pacientes com suspeita ou confirmação da doença e funcionários da recepção e limpeza.

A imunização segue recomendada para unidades de Pronto Atendimento e Pronto Socorro, SAMU/GRAU (Grupo de Resgate e Atenção as Urgências e Emergências), bem como para profissionais que realizam atendimento direto a pacientes com suspeita ou confirmação de Covid-19, profissionais da limpeza e motorista.

No caso dos laboratórios, devem receber a imunização os profissionais que colhem PCR, sorologia ou outros exames para diagnóstico de Covid-19 e profissionais de bancada que realizam o processamento das amostras de pacientes com suspeita de Covid-19.

Servidores das unidades básicas de saúde e vigilância em saúde também devem receber a vacina, ressalta a pasta.

Critérios

Os demais trabalhadores da área também podem receber o imunizante de acordo com a disponibilidade da vacina.

De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde, estão nesse grupo os profissionais que atuam em hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros locais relacionados.

A lista inclui médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontólogos, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais da Educação Física, veterinários e seus técnicos e auxiliares.

Também estão inseridos nesse quadro os trabalhadores de apoio como recepcionistas, seguranças, limpeza, cozinheiros, auxiliares e motoristas de ambulância, entre outros.

Estão incluídos ainda os que atuam em ambiente doméstico como cuidadores de idosos, doulas e parteiras, bem como funcionários do sistema funerário que tenham contato com cadáveres potencialmente contaminados.

A vacina também será ofertada para acadêmicos em saúde e estudantes da área técnica em saúde em estágio hospitalar, atenção básica, clínicas e laboratórios.

Vínculo

A pasta informa que será solicitada documentação que comprove a vinculação ativa do trabalhador com o serviço de saúde ou apresentação de declaração emitida pelo serviço de saúde.

Local de vacinação

A vacinação contra a Covid-19 para os grupos prioritários citados é realizada no Centro de Saúde I (Postão da Rua Acre, n° 1281). Na quinta-feira, 4, e sexta-feira, 5, ela acontece das 8 às 11 e das 13 às 16 horas.

Documentação

É necessário apresentar comprovante de residência, CPF ou Cartão SUS, carteira do conselho profissional.

Para cuidadores de idosos, é exigido a Carteira de Cuidador ou vínculo empregatício, ou seja, carta da família em que trabalha com endereço e telefone de contato.

A próxima etapa da campanha deve incorporar idosos com mais de 90 anos (a partir de 8 de fevereiro) e idosos de 85 a 89 anos (a partir de 15 de fevereiro).