Morre o senador Major Olímpio

 JORNAL DO GUMA "MORTES"

O senador Major Olímpio (PSL-SP) morreu nesta quinta-feira (18) aos 58 anos de idade. A informação foi divulgada pelas redes sociais oficiais do político. O político estava internado com Covid-19 desde o dia 2 de março.


O senador Major Olímpio (CENTRO) com seus suplentes, o empresário Alexandre Giordano e o agora ministro Marcos Pontes, no dia da diplomação da chapa eleita em 2018 (Facebook/ Reprodução)

"Com muita dor no coração, comunicamos a morte cerebral do grande pai, irmão e amigo", disse a nota. Sérgio Olímpio Gomes, nome completo do senador, estava hospitalizado no Hospital São Camilo: ele teve morte cerebral, de acordo com o comunicado.

Após ser internado com Covid-19, o senador chegou a participar de uma sessão do Senado por videoconferência, no dia 3 de março. Na ocasião a Casa analisava a autorização para o pagamento do novo auxílio emergencial. Olímpio discursou sobre a pauta e se mostrou ofegante: o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) desejou melhoras para o colega.

O parlamentar completaria 59 anos de idade no próximo sábado (20). Ele nasceu na cidade de Presidente Venceslau, no interior paulista, em 1962 e ingressou na Polícia Militar em 1978. Trabalhou na corporação por 29 anos antes de ir para a reserva. O político era formado em ciências jurídicas e sociais

Foi eleito deputado estadual na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) em 2006, com fortes bandeiras em defesa dos direitos de sua classe. Em 2014 foi para a Câmara dos Deputados e em 2018, chegou ao Senado com mais de 9 milhões de votos. Olímpio era casado e deixa dois filhos.

O parlamentar do PSL é a terceira vítima da Covid-19 no Senado: Arolde de Oliveira (PSD-RJ) morreu em outubro de 2020, aos 83 anos e José Maranhão (MDB-PB) morreu em fevereiro de 2021, aos 87 anos.

Nas redes sociais, colegas de parlamento do Major, deputados, governadores e partidos manifestaram pesar pela morte do senador.