Exercícios para perder barriga: 3 práticas que merecem atenção

E, para quem tem verdadeira obsessão por perder barriga, nós temos uma notícia não tão agradável assim.

 JORNAL DO GUMA

Do Sportlife 

Exercícios para perder barriga estão entre os mais procurados do mundo fitness. Muito provavelmente porque é na região abdominal que, geralmente, ocorre o maior acúmulo de gordura no corpo.  Mas, é preciso lembrar que outras regiões também possuem boa capacidade de armazenar tecido adiposo, como peitoral, quadril, coxas e braços. Para reduzir o percentual de gordura de qualquer uma dessas regiões, a única saída é entrar em déficit calórico – gastar mais energia do que se consome.

© Shutterstock Exercícios para perder barriga

E, para quem tem verdadeira obsessão por perder barriga, nós temos uma notícia não tão agradável assim. A ciência ainda não descobriu uma maneira de eliminar gordura localizada. Ou seja, se você pretende acabar com aquela saliência abdominal, a única maneira é reduzir os índices de gordura do corpo inteiro. Mas, é impossível determinar qual região ficará mais seca em menos tempo.

Nesse caso, o fator genético é muito determinante. Alguns podem secar rapidamente a barriga, outros os braços ou as pernas. Não dá para saber. No entanto, é possível realizar alguns exercícios para perder barriga sim. Eles vão trabalhar a musculatura da região abdominal e, a longo prazo, causar um aspecto mais saudável e estético na barriga. Só que, além disso, é preciso apostar em técnicas de emagrecimento, para que essa musculatura consiga aparecer.

A partir desse princípio, o treinador Leandro Twin separou três exercícios para perder barriga e finalmente conquistar um físico mais atlético. Confira:

1 – Trate o abdômen como um músculo normal

Dá para realizar em casa, na academia ou em qualquer lugar. Utilizar apenas o peso do corpo, cargas mais altas ou máquinas tecnológicas. O ideal é trabalhar bem abdômen, como qualquer outra musculatura.

“Aumentando a hipertrofia dessa região você melhora a estética! Isso parece muito básico, mas, quando vemos na prática, as pessoas estão fazendo treinos muito diferentes de outros grupos musculares. Por exemplo: abdômen todos os dias com repetições super altas e movimentos curtos. Nada disso vai ser eficaz para hipertrofia, você deve tratar o abdômen como qualquer outro músculo”, conta Twin.

2 – Não esqueça da lombar

Segundo o treinador, aumentar a musculatura do abdômen ajuda a esticar a pele da barriga e combater a flacidez que a gordura provoca. Ter uma lombar bem trabalhada causará o mesmo efeito, pois esse músculo está na mesma altura da barriga.

3 – Faça aeróbicos

Como foi dito anteriormente, não adianta trabalhar a musculatura e não apostar em técnicas de emagrecimento. Uma delas é realizar atividades aeróbicas, como corrida, bicicleta ou natação. “Todas são bem-vindas e não tem diferenciação na velocidade da queima de gordura, seja ela qual for. O que importa é o gasto energético. E o que manda são os batimentos por minuto [durante a realização do exercício]. Para a maioria de nós, algo próximo de 150 bpm”, recomenda Twin.