OAB SP anuncia ‘Observatório de Novos Mercados’ e nomeia mais dez presidentes de comissões

JORNAL DO GUMA

da Assessoria

 


A Ordem dos Advogados do Brasil seção São Paulo (OAB SP) anuncia mais uma medida de gestão: a criação do “Observatório de Novos Mercados”, que tem como objetivo diversificar o campo de trabalho da advocacia e melhorar o acesso à justiça.


Segundo o vice-presidente da OAB SP, Leonardo Sica, o projeto deve fomentar e desenvolver áreas de atuação da advocacia ainda restritas oferecendo treinamento técnico e capacitação profissional de qualidade.

“A advocacia precisa acompanhar a velocidade das mudanças econômicas e garantir seu espaço como profissão essencial à organização da sociedade. Vamos investir muito na expansão dessas áreas para levar oportunidades de trabalho para todo o estado”, informa ele.

Compõe o planejamento e estruturação do Observatório de Novos Mercados as seguintes comissões, com seus respectivos presidentes: Bioética e Direito, Henderson Furst; Soluções Consensuais de Conflito, Fernanda Tartuce; Arbitragem, Gilberto Giusti; Terceiro Setor, Laís de Figueiredo Lopes; Direito da Moda, Flávia Nascimento; Compliance, Flávia Lepique; Jurimetria, Marcelo Guedes Nunes; Direito Desportivo, Felipe Ezabella; Direitos dos Animais, Maíra Vellez; Mídia, Entretenimento e Cultura, José Maurício Fittipaldi.

Na semana passada, a OAB SP já havia anunciado as primeiras cinco medidas da gestão e os nomes dos representantes de outras 16 comissões, que foram selecionados pela representatividade e trabalhos públicos de referência em cada área de atuação. “Reiteramos o convite às advogadas e aos advogados paulistas para fazerem parte desses grupos de trabalho. A ideia é que todos possam somar com a gente, sendo abraçados pela OAB SP”, ressalta o vice-presidente da Secional.