Réveillon em Taquarituba contou com shows e projeção como alternativa aos fogos de artifício

JORNAL DO GUMA
Da Assessoria de Comunicação
Prefeitura de Taquarituba
  • A opção segue a exigência sobre proibição de fogos com estampido

Para simbolizar a virada do ano, a Prefeitura Municipal de Taquarituba, através da Coordenadoria Municipal da Cultura, usou projeção como alternativa aos fogos, encantando os presentes na comemoração. A projeção foi feita na fachada do Paço Municipal, com dizeres positivos sobre: família, esperança, saúde, união, paz, alegria, feliz ano novo, e as imagens foram passando durante toda a apresentação artística. O momento também contou com palavras em homenagem às vítimas da Covid-19, em especial, o vice-prefeito Zé Veiga, que faleceu em junho do ano passado após três meses de luta.

Prefeito Éder Miano e Coordenador da Cultura, Bruno Costa 

A estrutura do evento começou a ser montada no começo da semana, mas a organização e programação teve início meses atrás. Com os indicadores de saúde positivos e com a flexibilização do Plano São Paulo, foi possível dar continuidade no planejamento e execução do projeto. O evento foi um momento em que muitas famílias e amigos puderam confraternizar juntos, graças ao avanço das vacinações, que alcança 91% dos taquaritubenses já vacinados com, pelo menos uma dose, e 87% com duas doses. As recomendações de uso de máscara e completude do esquema vacinal foram realizadas antes do evento e durante as apresentações. Também foram oferecidas máscaras para quem precisasse. 

Apresentação da dupla Tulio e Gabriel


Sobre a programação

Conforme divulgado oficialmente, o evento contou com apresentação dos cantores Jivan Júnior, Ryan Ferreira e Vínícius e Sandro Oliveira no dia 30. Na noite do dia 31, os cantores Túlio e Gabriel, Danilo Santos e Gabriel Soares fizeram as apresentações. No dia 01/01, estão previstas as apresentações com as duplas Jads e Jadson, João Lucas e Jean e Vitor Hugo e Fabiano, além do DJ Felipe Campos.


Cancelamento do show com a dupla Munhoz e Mariano

A programação inicial contava com a apresentação da dupla Munhoz e Mariano no dia 01 de janeiro, porém, seguindo a regra de segurança, todos os artistas devem realizar o teste de Covid-19 48 horas antes dos shows. Mariano fez o teste na UPA Moreninha III, em Campo Grande-MS, infelizmente testando positivo. O cantor está em recuperação domiciliar, sem sintomas, e passa bem.

Mariano publicou um vídeo no Instagram relatando a infecção e pedindo a compreensão de todos que esperavam pelo show, além de agradecer a ajuda da dupla Jads e Jadson.

 

Estrutura

Diferente dos anos anteriores, desta vez a organização foi feita em frente ao Paço Municipal, no bairro Novo Centro, e contou com toda a estrutura necessária para alcançar resultado satisfatório. Vale ressaltar que todas as coordenadorias municipais trabalharam em conjunto para a realização do evento. O local passou por ações de sanitização com produto químico através da equipe da Defesa Civil. A Coordenadoria de Conservação e Limpeza Pública realiza periodicamente a coleta de lixo das imediações. 


Inclusão da pessoa com deficiência

A fim de respeitar e proporcionar o acesso das pessoas portadoras de deficiência, um espaço próximo ao palco foi especialmente reservado, com parte da equipe de segurança dedicada exclusivamente para o local. O objetivo teve foco no conforto para todas as pessoas, independente da sua condição de locomoção.