OUÇA A RÁDIO GUMA CLIQUE ACIMA

Concessão de aeroportos paulistas prevê R$ 266,5 milhões em investimentos

O Aeroporto de Avaré esta entre os que foram privatizados e receberá investimentos



O Governador João Doria autorizou no sábado (5) a celebração do contrato para concessão do aeroporto de Ribeirão Preto e anunciou novos investimentos da iniciativa privada para ampliação e modernização dos 11 aeroportos regionais do Bloco Sudeste, que inclui o Aeroporto Regional Comandante Luiz Gonzaga Lutti (Avaré - Arandu). No total, serão investidos R$ 266,5 milhões no bloco.

“Hoje é um dia histórico para Ribeirão Preto, para toda essa região e para o estado de São Paulo. Somente neste terminal do aeroporto, são mais de R$ 130 milhões em investimentos. Pela primeira vez no Brasil teremos um polo aeronáutico completo. Toda essa região será amplamente beneficiada, com a geração de empregos e desenvolvimento tecnológico. É um processo transformador em Ribeirão”, disse Doria.


A partir da assinatura do contrato, os aeroportos serão transferidos para a gestão da iniciativa privada e a ARTESP passará a supervisionar a operação dos aeroportos. A concessão foi dividida em 2 lotes: Noroeste e Sudeste, cada um deles com 11 aeroportos espalhados pelo interior do estado.

Os investimentos previstos nos dois blocos somam R$ 447 milhões ao longo dos dois contratos, com duração de 30 anos. As empresas deverão fazer aportes para modernização dos aeroportos já na primeira fase da concessão, nos primeiros quatro anos.

O Consórcio Voa NW e Voa SE venceu o certame com ágio de 11,5% sobre a outorga mínima, com a proposta de R$ 14,7 milhões pela concessão do Bloco Sudeste, que inclui também, além de Ribeirão Preto, os aeroportos comerciais de Bauru-Arealva e Marília, bem como dos aeródromos de Araraquara, São Carlos, Sorocaba, Franca, Guaratinguetá, Avaré-Arandu, Registro e São Manuel.

Informações do Governo de São Paulo
Postagem Anterior Próxima Postagem

INVISTA AQUI