OUÇA A RÁDIO GUMA CLIQUE ACIMA

Cuidados na direção para evitar multas e até perder a CNH

JORNAL DO GUMA

Da IstoÉ Dinheiro

Ilustrativa

Mesmo com a pandemia de Covid-19 ainda fazendo vítimas mortais diariamente, o Carnaval deve levar milhões de brasileiros às estradas a partir da próxima semana. Com isso, vale ficar atento aos cuidados na direção para evitar multas e até perder a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Carteira Digital de Trânsito vai diminuir burocracia na venda de carros

Motoristas poderão transferir carros pela Carteira Digital de Trânsito

Lei Seca

Regulamentada pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) em janeiro de 2013, a Lei Seca atualmente não conta com nenhuma tolerância de nível alcoólico. O que há é a margem de erro que os aparelhos eletrônicos de medição (bafômetro) podem apresentar. Assim, um motorista só pode ser autuado pela Lei Seca se o resultado do teste indicar o máximo de 0,05 mg de álcool.

No caso de um exame sangue, por exemplo, qualquer concentração de álcool já é suficiente à multa de R$ 2.934,70 e que também suspende a CNH por 12 meses.

Recusa ao bafômetro

Apesar de a legislação brasileira permitir que uma pessoa não produza provas contra si mesma, recusar o teste de bafômetro não é proibido, mas é punível. As penalidades são as mesmas da Lei Seca: multa de R$ 2.934,70 e suspensão da CNH por um ano. Na prática, recusar o bafômetro funciona como uma admissão de culpa

Vale ressaltar que algumas multas têm fator multiplicador. No caso da Lei Seca e da recusa ao bafômetro, ambas gravíssimas, o valor máximo das multas (veja abaixo) é multiplicado por 10.

Ultrapassagem em faixa contínua e dupla

Com as estradas lotadas, é comum observar ultrapassagens em faixa contínua e dupla – ultrapassagens só são permitidas em trechos com a linha tracejada. Estas são multas gravíssimas com multiplicador de 5, o que pode gerar um custo de R$ 1.467,35, além dos 7 pontos na CNH. Em caso de reincidência, o valor é dobrado: R$ 2.934,70.

Ultrapassagem pelo acostamento

Outro clássico do carnaval é o apressado que quer sozinho escapar do trânsito trafegando no acostamento. A prática é também uma infração gravíssima (7 pontos) e multa multiplicada por 5 no valor de R$ 1467,35.

O Código Brasileiro de Trânsito (CBT) descreve que o acostamento é destinado à parada ou estacionamento de veículos em caso de emergência, que pode também ser utilizado para circulação de pedestres e bicicletas quando não houver local apropriado a estas finalidades.

Excessos de velocidade

As infrações mais comuns e frequentes no trânsito são as cometidas pelo excesso de velocidade permitido. Há 3 valores distintos de acordo com a porcentagem do limite de velocidade excedida:

– Até 20% acima do limite: multa média (4 pontos na CNH) de R$ 130,16;

– Entre 20% e 50% acima do limite: multa grave (5 pontos na CNH) de R$ 195,23;

– Acima de 50% do limite: multa gravíssima (7 pontos na CNH) multiplicada por 3: R$ 880,41.

Veja a classificação das multas:

Infração leve: R$ 88,38 – 3 pontos;

Infração média: R$ 130,16 – 4 pontos;

Infração grave: R$ 195,23 – 5 pontos;

Infração gravíssima: a partir de R$ 293,47 – 7 pontos.

Postagem Anterior Próxima Postagem

INVISTA AQUI