OUÇA A RÁDIO GUMA CLIQUE ACIMA

O sinal de coronavírus que pode piorar devido a esforço excessivo

JORNAL DO GUMA
DO LIFESTYLE OMICRON

É do conhecimento geral que a infecção por Covid-19 não se limita apenas ao sistema respiratório, podendo provocar sintomas variados que podem afetar qualquer parte do corpo.


Enquanto alguns sintomas desaparecem após 15 dias, outros podem permanecer por mais tempo. Infelizmente, não há forma de prever quem irá experienciar sintomas a longo prazo e quais. Contudo, determinados efeitos da infecção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, causador da doença da Covid-19, podem piorar devido ao esforço excessivo, revela um artigo publicado pelo jornal Times of India.

 

Dores de cabeça, diarreia, falta de ar, são alguns dos sintomas duradouros do coronavírus, que são comuns e experienciados pela maioria das pessoas. Além destes, existem outros sinais que ocorrem com menor frequência ou muitas vezes passam despercebidos. A sensação de tontura é um desses sinais que ocorre em raras ocasiões, mas pode piorar devido ao excesso de esforço.

Tontura é definida como uma variedade de sensações, nomeadamente sensação de desmaio, fraqueza ou instabilidade. Criando uma falsa impressão de que tudo ao seu redor está em movimento.

Podemos ter tonturas devido a muitas razões, como fraqueza ou desidratação. Essa é uma das razões pelas quais é difícil diferenciar após uma infecção por coronavírus se a tontura é causada pela Covid-19 ou por outros motivos. Se o episódio de tontura é frequente após a doença, então pode ser um efeito colateral da infecção viral.

De acordo com o Sistema Nacional de Saúde Britânico (NHS), o excesso de esforço pode agravar a tontura e pode até interferir com a rotina diária. Poderá sentir-se ligeiramente desequilibrado, incapaz de andar ou manter-se de pé. Em alguns casos, a pessoa pode até experienciar inclusive zumbido nos ouvidos, audição reduzida, fadiga ocular e dores de cabeça.

Todavia, a tontura não é algo que deve temer a menos que seja aguda. A sensação de tontura vem e vai, apenas em casos raros pode permanecer por mais tempo. Por outras palavras, deverá consultar um médico somente se se sentir tonto constantemente e tal começar a afetar o seu dia a dia.

© Shutterstock


Postagem Anterior Próxima Postagem

INVISTA AQUI