OUÇA A RÁDIO GUMA CLIQUE ACIMA

Sobram vagas e faltam profissionais qualificados em Tecnologia da Informação

  • Especialista do Senac afirma que o mercado está em alta e busca por mão de obra multidisciplinar
JORNAL DO GUMA
Da Assessoria

As contratações do setor de tecnologia da informação e comunicação no Brasil tiveram uma variação positiva de 3,3%, se comparada com o mesmo período de 2021, segundo a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom). É o que aponta o “Monitor de Empregos e Salários” – relatório de acompanhamento mensal do mercado de trabalho produzido pela Brasscom, que demonstra o crescimento da geração de empregos do macrossetor de TI e Comunicação (TIC) em 2021 e a sua continuidade até 2024 com cerca de 400 mil vagas não preenchidas por falta de mão de obra.

Gilmara Vicentini, docente da área de tecnologia da informação, do Senac Botucatu, comenta que se trata de um setor com muitas possibilidades

mas que exige qualificação e profissionais com habilidades multidisciplinares. “Antigamente ter apenas conhecimento técnico e trabalhar individualmente era suficiente. Hoje, para ganhar destaque na carreira, é necessário atuar de maneira mais estratégica e consultiva, além de trabalhar em equipe e ser proativo também são pontos chaves”.

Outras competências valorizadas no profissional de TI contemplam, ainda, criatividade, adaptabilidade, visão global dos negócios e habilidade para se relacionar com pessoas. Todas essas características, segundo Gilmara, são necessárias tanto para quem quer entrar no mundo do trabalho quanto para quem deseja construir um plano de carreira: “Além disso, é necessário curiosidade, para entender as novas tecnologias e buscar conhecimento constantemente para lidar com os desafios presentes e futuros”.

É possível atuar desde o gerenciamento de informações em uma organização, criando e implantando projetos de redes de computadores, até realizar a manutenção de microcomputadores, dar suporte à informática, atuar no desenvolvimento de software e websites em centros de processamentos de dados e provedores de acesso à internet, ou administrar o próprio negócio.

“As especialidades mais procuradas e que estão em falta são aquelas relacionadas a vídeos, armazenamento em nuvem, mobilidade, segurança cibernética, desenvolvimento de software, além da Internet das Coisas (IoT), conceito que se refere à interconexão digital de objetos do dia a dia com a rede de computadores”, pontua.

Para os interessados em se qualificar na área, o Senac Botucatu tem cursos diversos que estão com inscrições abertas para bolsas de estudo, 100% gratuitas. Débora Lima, gerente da unidade, ressalta sobre os cursos técnicos: “A formação técnica atende ao perfil das novas gerações, pois, na maioria dos casos, possibilita o ingresso no mundo do trabalho em um curto espaço de tempo e ainda permite um retorno financeiro rápido”.

Serviço:

Senac Botucatu

Local: Rua Dr. Rafael Sampaio, 85 - Boa Vista, Botucatu/SP Informações e inscrições: www.sp.senac.br/botucatu

Maio/2022

Postagem Anterior Próxima Postagem

INVISTA AQUI