OUÇA A RÁDIO GUMA CLIQUE ACIMA

Vacinar é um ato coletivo

  • Conheça melhor o SUS, um dos maiores sistemas de saúde pública do mundo, nessa série de podcasts ancoradas por Fabi Costa, uma conversa descontraída misturando números e histórias reais

PODCAST REDE GUMA

Do Brasil-61

Oi, gente, Fabiana Costa aqui para o quinto episódio do podcast Onde tem Sus, tem vacina!

 

Foto: Peter Linforth/Pixabay

E eu já vou começar com uma pergunta para o Seu Arimateia, goiano de 65 anos.

Seu Arimateia, o senhor já tomou a quarta dose da vacina contra a covid?

“Já tomei.. Estou esperando a quinta”

Boaaa, seu Arimateia. É com esse bom humor que a gente segue se vacinando.

E uma coisa que a gente precisa saber sobre o vírus da Covid é que ele tem variações!

E não são uma ou duas, são muitas! Muitas variantes, cada uma com suas mutações.

Ao longo dos últimos anos, já foram identificadas as variantes Alfa, Beta, Gama, Delta e, em novembro de 2021, a variante Ômicron. Essa daí, a Ômicron, com um nível altíssimo de mutações. 

Por isso que é preciso tomar as doses de reforço.Hoje, a segunda dose de reforço está sendo aplicada em pessoas acima de 50 anos e nos trabalhadores da saúde. 

E a gente foi buscar lá no Acre, na cidade de Rio Branco, a enfermeira Naiara Almeida para trazer um recado super importante para os profissionais da saúde, escuta só. 

“A imunização é importante e sempre foi. E pelo momento que nós vivemos ela se tornou mais importante. Nós podemos ver que os casos de Covid decresceram e isso se dá por conta da vacina. Vacinar continua sendo importante e continua sendo um ato coletivo”. 

PARA OUVIR CLIQUE NO PLAY

É isso, gente: vacinar é um ato coletivo.

É um compromisso de que nós, brasileiros, tomamos a decisão de proteger a nossa vida e a vida daqueles que estão na nossa casa, no trabalho, no bairro, na cidade. 

É assim que o SUS protege vidas, como a de Dona Maria Ivanisa, lá na Paraíba, que segue se vacinando sempre, não é, Dona Ivanisa?

“A medida que você toma a vacina, vai tornando o vírus mais fraco e você tem a possibilidade de não pegar, como eu não peguei”. 

Tá aqui sim! E com essa fala de Dona Ivanisa, gente, nosso quinto episódio vai chegando ao fim. 

Mas, antes de terminar, a gente quer mandar um beijo grande para todas as pessoas que ajudam seus pais, mães, avôs e avós a se vacinarem.

É sério. Vocês são verdadeiros anjos que dirigem, pedalam e caminham para protegerem as pessoas que amam.

Então, pessoal, até o próximo episódio do nosso podcast Onde tem Sus, tem vacina.

Fonte: Brasil 61
Postagem Anterior Próxima Postagem

INVISTA AQUI