sexta-feira, 23 de setembro de 2011

JG - JORNAL DO GUMA

“Choronas” realizam apresentação emocionante 

O Circuito Cultural Paulista trouxe para Avaré na sexta, dia 23 o grupo “Choronas”, formado por quatro musicistas, que encantaram e comoveram o público tocando ritmos próprios da música brasileira: choro, baião, maxixe e samba.
Gabriela Machado (flauta transversal), Ana Cláudia César (cavaquinho), Paola Picherzky (violão de 7) e Roseli Câmara (percussão), mesclam obras consagradas e desconhecidas, tradicionais e recentes. Atuando desde 1994, Choronas tem se apresentado em diversos espaços culturais de São Paulo, outras cidades brasileiras e no exterior. Em 1998, Choronas foi contemplado com a Lei de Incentivo a Cultura - Linc, obtendo patrocínio do Governo do Estado de São Paulo, para o projeto “Música Instrumental Brasileira nas Escolas - Show Pedagógico”. Em 1999 o grupo grava seu primeiro CD pelo selo Paulus. O CD “Atraente” é lançado em Março de 2000 no Centro Cultural São Paulo na Cidade de São Paulo, tendo recebido elogios da crítica especializada.
Em 2007 gravou seu terceiro cd “O Brasil toca Choro”, resultado do projeto “10 anos, 10 cidades brasileiras”, onde o grupo tocou com vários músicos locais e coletou músicas pouco conhecidas para compor seu repertório, além de clássicos do choro. Em 2008 Choronas lançou o cd “O Brasil toca Choro” no Sesc Pompéia (SP) e no Stallet, em Estocolmo (Suécia).“O Circuito Cultural Paulista tem contemplado diversas cidades do estado com ótimos espetáculos. Em Avaré não tem sido diferente, pois já tem um histórico de ter sido palco de excelentes apresentações culturais, assim como esta que aconteceu esta noite”, frisou Gilson Câmara, secretário de Cultura e Lazer de Avaré, cidade que conquistou o Circuito Cultural Paulista pelo segundo ano. Os eventos do Circuito Cultural Paulista são desenvolvidos pela Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo em parceria com as prefeituras municipais. A proposta é consolidar uma política de difusão de espetáculos no interior e no litoral do estado, para que as cidades tenham uma programação cultural contínua e de qualidade.
Um público satisfatório para o genêro cultural, entre os quais o Prefeito de Avaré (Rogélio Barcheti) o Vereador Ernesto Albuquerque o médico e ex-prefeito Nilson Calamita, e o Secretário de Cultura Gilson  Camara,  aplaudiram de forma emocionante pedindo bis.