terça-feira, 7 de abril de 2015

JORNAL DA CIDADE - Cultura

Encenação da Paixão de Cristo 
emociona público avareense


Um público de duas mil pessoas se emocionou com encenação da Paixão de Cristo, realizada em Avaré na noite de sexta-feira santa, 3 de abril, no Campo Municipal.
No ano que marcou o 10º espetáculo da paixão, a Secretaria de Cultura preparou um teatro especial. Toda a encenação ocorreu ao vivo, com falas e músicas encenadas no ato da apresentação. 21 passagens da vida de Jesus Cristo fizeram parte do roteiro cênico: Anunciação, Batismo, Tentação, Primeiros Apóstolos, Milagres, Sermão da Montanha, Entrada em Jerusalém, Maria Madalena, Santa Ceia, Traição de Judas, Jardim das Oliveiras, Jesus e os fariseus, A Negação de Pedro, O arrependimento de Judas, Jesus e Herodes, Jesus e Pilatos, Via Crucis, Crucificação, A Descida da Cruz, Sepultamento de Cristo e Ressurreição.
Cena marcante da peça teatral, a ressurreição despertou a emoção do público presente. Sobre uma empilhadeira, o ator Antonio Ramos (Jesus Cristo) foi elevado atrás do cenário e saudou a plateia.
Em oito cenários fixados com treliças, mais de cem atores compuseram a peça teatral, que desde 2006 é encenada ao ar livre. Gilson Câmara, secretário de Cultura e diretor geral do espetáculo, lembra que o diferencial do teatro é a participação de voluntários, que espontaneamente desejaram participar do evento. “Essa vibração das pessoas que participam da peça contagia quem está assistindo, além da história da vida de Cristo emocionar por seu sofrimento”, diz.
Elenco
A encenação contou com participação de integrantes Cia. de Artes Cênicas Gil Vicente, Grupo de Teatro Tomaládacá e do Grupo Municipal de Teatro Pópatapaio, além do apoio de professores de Artes da Rede Municipal de Ensino (ornamentação cenográfica) e de integrantes da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), além de muitos voluntários.
Este ano a narração foi feita por Bruno Rodrigues e interpretaram as personagens principais os seguintes atores e atrizes: Antônio Ramos (Jesus Cristo), Ana Luisa Carvalho (Maria), Vanessa Reis (Maria Madalena), Felipe Diego (Diabo), Rafael Montanha (João Batista), Edemilson Lima (Caifás), Marcelo Ribeiro (Pilatos), Conrado Bannwart Mortean (Herodes), Juliano Roger (Judas) e Richard Fiorucci (Pedro).
O espetáculo foi abrilhantado pelas vozes de Ana Luísa Carvalho, Josieli Castilho, Greicy Câmara, Diego, Elaine Cruz, Gabriela Toledo, Vanessa Reis, Ricardo Régis e pela banda composta por Eduardo Javaro (teclado), Luiz Pieri (guitarra), Rafael Bonaldi (baixo), Guilherme Andrade (sax), Geandré Freitas (percussão) e Rafael Javaro (bateria).
A Paixão de Cristo contou ainda com apoio técnico de Regina Chibani Back (direção de artes), Ricardo Régis (direção musical), Eduardo Javaro (arranjos musicais), Flávio de Oliveira e Sebastião Xavier de Lima (cenografia), Rafael Montanha (maquiagem), Nadir Benedetti (figurinos e coordenação de elenco) de Nadir Benedetti, Marcelo Machado (som), José Eduardo de Pala (iluminação), Therezinha Alves e Moraes de Maria Lucia Peres Ramos (apoio administrativo).