FAMPOP 2017

FAMPOP 2017
Espaço cedido para Cultura de Avaré

terça-feira, 19 de maio de 2015

INSTITUCIONAL - Rotary Jurumirim


Vários voluntários do Rotary Club de Avaré-Jurumirim, Campanha Doe Órgãos Salve Vidas, Hemocentro de Rubião Junior, Secretaria da Saúde de Avaré, Instituto Federal de São Paulo-Campus Avaré, Faculdades Eduvale e Faculdade Sudoeste Paulista se mobilizaram para a realização de um Cadastro de Doadores de Medula Óssea no dia 15 de Maio de 2015. Foram coletadas 648 amostras de sangue (5 a 10 ml) para tipagem de HLA (características genéticas importantes para seleção de um doador). Os dados do doador são inseridos no cadastro do REDOME e, sempre que surgir um novo paciente, a compatibilidade será verificada. Uma vez confirmada, o doador será consultado para decidir quanto à doação. O REDOME - Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea foi criado em 1993 em São Paulo e a partir de 2000 foi transferido para o Rio de Janeiro, trata-se do terceiro maior banco de voluntários à doação de medula óssea do mundo, com mais de 3,5 milhões de cadastros. O registro americano conta com quase 7,7 milhões e o alemão, com cerca de 5,7 milhões. O transplante de medula óssea é recomendado para pacientes acometidos por algumas doenças no sangue como a leucemia. Existem duas formas para o transplante uma delas é a retirada de material do interior do osso da bacia por intermédio de agulhas sendo que o paciente neste caso é anestesiado e a outra administrando medicamentos ao doador fazendo com que as células circulem na corrente sanguínea e a partir daí retiradas da veia com a utilização de uma máquina especifica que faz a separação destas células. Em qualquer um destes processos o paciente se recupera rapidamente em média com 15 dias. Para quem já é cadastrado no REDOME como doador voluntário é necessário manter sempre os seus dados de contato atualizados no Instituto Nacional do Câncer site: www1.inca.gov.br/doador.