terça-feira, 2 de maio de 2017

"Primeiro de Maio com Arte" comemorou o Dia do Trabalho no Largo São João

Secretários Municipais, Vereadores, Sindicalistas no evento que homenageis o Trabalhador. Foto Fernanda Castellucci
1o de Maio com Arte a tradicional festa em homenagem ao trabalhador foi  realizada pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Cultura em parceria com entidades, associações de classe e Sincomerciários.
Desta vez, de forma inédita o espaço escolhido para realização do evento, foi o Largo São João.
Várias atividades puderam ser conferidas, como apresentações musicais e de dança, sorteio de diversos brindes.
Prefeito Jo Silvestre no evento
Foto: Divulgação
Coral Municipal, que faz parte das Oficinas Culturais José Reis Filho. abriu o evento as 13 horas; seguido por Dança do Ventre com uma apresentação de uma integrante da TENDA DO TUAREG e ainda Léo Mackin. Na sequencia o show Badeando com Jota Galocha, fazendo uma homenagem a Baden Powel foi para o palco, atração que veio para Avaré através da Rede Guma de Comunicação.
A dupla Paulinho Ribeiro e Nene fez o show em seguida até a entrada dos integrantes do Clube da Viola, sendo que em seguida TAPERINHA fez sua primeira apresentação em Avaré, provocando guargalhadas no bom publico que se reuniu no local, Para finalizar a Jonh Bras Orquestra fez um show que sem duvida, assim como os demais, deu notoriedade a esta edição do 1o de Maio com Arte.
LEIA MAIS🔻

Parte da equipe da Cultura de Avaré - Foto Ricardo Régis
Jogos de tabuleiro e a atividades esportivas pela Secretaria de Esportes e Lazer (Seme)
O público conferiu exposições de pintura e escultura e veículos antigos (Museu do Automóvel). 
As Secretarias de Industria e Comercio, de Turismo e Assistencia Social, Saúde (Vigilancia Sanitária) e comerciantes de alimentos e outros estarão no 1o de Maio 2017.
Outras participações, além das citadas secretarias, associações e Sincomérciários;

Frea - Fundação Regional Educacional de Avaré.
Solutudo
Abova
Casa de Artes e Artesanato de Avaré
Lar São Vicente de Paulo
Apae
Sorteio de premios e shows animaram a tarde Foto R&T Fotografia (Rede Guma)

CLIQUE PARA VER MAIS FOTOS 
SOBRE O DIA
AAVANT  Foto R&T Fotografia (Rede Guma)
Exposição de Artes  Foto R&T Fotografia (Rede Guma)
O Dia do Trabalhador, Dia do Trabalho ou Dia Internacional dos Trabalhadores é celebrado anualmente no dia 1º de maio em numerosos países do mundo, sendo feriado no Brasil, em Portugal, Angola, Moçambique e outros países. No calendário litúrgico celebra-se a memória de São José Operário por tratar-se do santo padroeiro dos trabalhadores.
Em 1886, realizou-se uma manifestação de trabalhadores nas ruas de Chicago, nos Estados Unidos.
Essa manifestação tinha como finalidade reivindicar a redução da jornada de trabalho para 8 horas diárias e teve a participação de milhares de pessoas. Nesse dia teve início uma greve geral nos Estados Unidos. No dia 3 de maio houve um pequeno levantamento que acabou com uma escaramuça com a polícia e com a morte de três manifestantes. No dia seguinte, 4 de maio, uma nova manifestação foi organizada como protesto pelos acontecimentos dos dias anteriores, tendo terminado com o lançamento de uma bomba por desconhecidos para o meio dos polícias que começavam a dispersar os manifestantes matando um agente, na rixa que se seguiu sete outros morreriam. A polícia abriu então fogo sobre a multidão, matando doze pessoas e ferindo dezenas.

Dança do Ventre  Foto R&T Fotografia (Rede Guma)
No seguimento cinco sindicalistas foram condenados à morte e três condenados a pena perpétua. Estes acontecimentos passaram a ser conhecidos como a Revolta de Haimarcet.
Três anos mais tarde, no dia 20 de junho de 1889, a segunda Internacional Socialista reunida em Paris decidiu por proposta de convocar anualmente uma manifestação com o objectivo de lutar pelas 8 horas de trabalho diário. A data escolhida foi o primeiro dia de maio, como homenagem às lutas sindicais de Chicago. Em 1 de maio de 1891 uma manifestação no norte de França é dispersada pela polícia resultando na morte de dez manifestantes. Esse novo drama serve para reforçar o dia como um dia de luta dos trabalhadores e meses depois a Internacional Socialista de Bruxelas proclama esse dia como dia internacional de reivindicação de condições laborais.
Em 23 de abril de 1919 o senado francês ratifica o dia de 8 horas e proclama o dia 1 de maio desse ano dia feriado. Em 1920 a União Soviética adota o dia como feriado nacional, e este exemplo é seguido por muitos outros países.
Apesar de até hoje os estadunidenses se negarem a reconhecer essa data como sendo o Dia do Trabalhador, em 1890 a luta dos trabalhadores estadunidenses conseguiu que o Congresso aprovasse que a jornada de trabalho fosse reduzida de 16 para 8 horas diárias