OUÇA A RÁDIO GUMA CLIQUE ACIMA

AUTO FALANTE ESPECIAL "10 carros de série especial que se tornaram raridade no Brasil"


JORNAL DO GUMA
da Quatro Rodas

VW Parati Plus
VW Parati Plus

Não é a recente Plus. Em 1984, a VW viajou bonito e lançou uma Parati farofeira com caixa de isopor, guarda-sol, cadeira de praia, bola de vôlei, tudo com a marca personalizada da série. E vinha na exclusiva cor verde-água.

Chevrolet Chevette Jeans

Em 1979, o Chevette ganhou interior todo em jeans. Um dos anúncios dizia: “Chevette e jeans: as duas coisas mais descontraídas, esportivas e resistentes que existem”. Os jeans duram até hoje. Já o carrinho…
como o nome diz, esta edição limitada tinha todo o interior revestido em… jeans

Chevrolet Omega Diamond

O motor 3.0 ia ser aposentado, mas, em 1994, ainda havia um bom estoque na Chevrolet. Que tal então lançar uma série com um nome chamativo e preço tentador? Estava liberado o caminho para a transição rumo ao motor Powertech 4.1.

Voyage Los Angeles

VW Voyage Los Angeles: lançada em homenagem aos Jogos Olímpicos de 1984, a série fez pouco sucesso por conta da chamativa cor azul

A Volks sempre gostou dessa história de juntar um grande evento esportivo a uma série não tão grande assim. O mote em 1984 foi a Olimpíada de Los Angeles (EUA). Difícil foi achar quem gostasse do extravagante azul metálico.

VW Fusca 1300 GL

Versão luxo do Fusca?! Fazia-se de tudo para esticar a vida do carro em 1982. O Fusca 1300 “Gran Luxo” tinha rádio AM-FM, acendedor de cigarros, janelas basculantes e bancos com apoio de cabeça. Achou pouco? Então você não conheceu o Fusca básico.

Fiat Mille Young

O Uno, rebatizado de Mille, já existia há tempos, quando, em 1997, a Fiat pensou em rejuvenescer a marca com uma série de… adesivos! E, sim, o carro podia sair da concessionária todo adesivado assim.

Havia mais mudanças, mas eram aquelas coisas espalhadas e espalhafatosas na lataria que faziam a diferença. Pelo menos ajudava a chamar atenção quando todo mundo só queria saber do Chevrolet Corsa.

Ford Escort XR3 Pace Car

aproveitando a presença do esportivo como carro-madrinha do GP Brasil de F-1 de 1984, a Ford lançou uma série de apenas 350 unidades inspirada no veículo utilizado na prova – sem o giroflex, claro

Direto das pistas de Fórmula 1 para as ruas. De verdade! No caso, era o XR3 personalizado para o GP Brasil de 1984 nos tempos em que pace car era mais uma ação de marketing. Ah, ele não vinha com a sirene e giroflex no teto.

Ipanema Sol

Essa perua já saía “bronzeada” da fábrica. A cor exclusiva foi a solução adotada pela Chevrolet em 1993 para dar à Ipanema um jeitão mais jovem e descontraído. De quebra, ainda vinha com uma lista bem fornida de equipamentos.

Ford Corcel II Os Campeões


Quando os pilotos da F-1 vieram para o GP de 1983 encontraram um Corcel II feito para eles andarem por aqui. Jeitão de coisa exclusiva, mas com desconto de 50% nos itens extras que oferecia, entre eles, câmbio de cinco marchas. E ainda tinha pintura preta com detalhes dourados alusiva aos carros da Lotus.

VW Gol Copa
a Seleção Brasileira pode até ter decepcionado parando na Itália, mas esta série do Gol fez bonito rodas esportivas e a manopla de câmbio imitando uma bola de futebol

Futebol, Copa do Mundo, Gol… Tudo a ver, né não? Foi o que a Volkswagen pensou. Para dar um toque extra, os anúncios chamavam o modelo de “El Gol”, numa alusão ao Mundial de 1982 na Espanha. 


Postagem Anterior Próxima Postagem

INVISTA AQUI