OUÇA A RÁDIO GUMA CLIQUE ACIMA

Avareense Fernandes é o autor da exposição interativa Escultores em Bloco no Salão de Humor de Piracicaba

JORNAL DO GUMA

Reprodução de matéria do
POR PIRACICABA HOJE
Foto de visita do artista a Avaré, com assessores da Secretaria de Cultura (2018). Foto Arquivo
POR PIRACICABA HOJE


  • Esculturas é uma das mostras paralelas do Salão de Humor

Com mais de 70 premiações no mundo das artes gráficas acumuladas no currículo, o caricaturista, ilustrador, chargista e escultor Luiz Carlos Fernandes, nascido em Avaré (SP), é o autor da exposição interativa Escultores em Bloco, uma das mostras paralelas do 49º Salão Internacional de Humor de Piracicaba, que é realizado pela Prefeitura de Piracicaba, por meio da Semac (Secretaria Municipal da Ação Cultural) e Cedhu (Centro Nacional de Documentação, Pesquisa e Divulgação do Humor Gráfico de Piracicaba). A mostra pode ser vista gratuitamente até dia 30 de outubro no Armazém 14 do Engenho Central, de quinta e sexta-feira, das 9h às 17h, e aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h. Neste domingo (02), dia de votação das eleições 2022, o Salão fica fechado.

Escultores em Bloco é uma exposição inédita de Fernandes e contém esculturas feitas pelo artista utilizando bloco de concreto celular. Fazendo jus ao nome da mostra, as obras foram esculpidas de modo a representar 12 escultores de diversas partes do mundo. São eles: Fausto Mazzola, Tomie Ohtake, Victor Brecheret, Francisco Brennand, Augusta Savage, Constantin Brâncuși, Lygia Pape, Pablo Picasso, Michelangelo, Maria Martins, Honore Daumier e Camille Claudel.

Na base de cada escultura há um QR Code, que, ao ser lido pela câmera de celular, leva o visitante da exposição a informações sobre cada escultor.

“Trabalhei durante 40 anos nas redações e sempre com artes gráficas, ilustrando livros, revistas, jornais, histórias em quadrinhos. Sempre gostei de esculturas. Desde pequeno ficava admirando as esculturas do Fausto Mazzola na minha cidade, em Avaré. Hoje, que estou com tempo, voltei para as esculturas, coisa que eu fazia quando era jovem, e queria homenagear os escultores”, 

explicou Fernandes.

Ele disse, ainda, que ficou feliz com o convite para expor no Salão de Humor de Piracicaba devido à relação que possui com essa mostra de arte gráfica, reconhecida internacionalmente. 

“Tenho muito carinho pelo Salão. Já fui jurado algumas vezes e tenho alguns prêmios. Inclusive, o Salão de Humor de Piracicaba foi o primeiro Salão que enviei um trabalho. Foi em 2001 e ganhei o primeiro lugar em caricatura”, 

contou o artista, que também ganhou o Grande Prêmio do Salão, com uma escultura do Picasso, e um prêmio Câmara, com uma escultura do escritor Ferreira Gullar.

SALÃOZINHO – O Salãozinho de Humor de Piracicaba está na 20ª edição e teve 1.969 trabalhos inscritos, produzidos por alunos de 7 a 14 anos de idade. Destes, foram selecionadas para a exposição 100 obras de estudantes de 49 escolas públicas e privadas de Piracicaba, Americana, Búzios, Mogi Guaçu, Mogi Mirim, Nova Odessa e Rio Claro. As obras também podem ser vistas até 30 de outubro no armazém 14 do Engenho Central.

PARALELAS – Além da mostra oficial, do Salãozinho e de Escultores em Bloco, de Luiz Carlos Fernandes, a 49ª edição do Salão Internacional de Humor de Piracicaba inclui outras nove exposições paralelas. Dentro do Armazém 14, no Engenho Central, estão disponíveis para visitação até 30 de outubro as mostras Humor Além do Risco, de Sÿnnove Hilkner; Lapiceando el Mundo, de Anne Derenne; Paffaro: A Arte como Vida, de Gustavo Paffaro, e Na Roda com Paulo Caruso, de Paulo Caruso. No mesmo período, a Casa do Povoador abriga a exposição Quarenta e Nove Cartazes para Piracicaba, de diversos artistas. E tem, ainda, A Mostra Grátis, também com diferentes autores, na rodoviária de Piracicaba; PortoCartoon – Línguas e Mundo, na Biblioteca Municipal Ricardo Ferraz Arruda Pinto; Marangoni é XV, de Luis Henrique Marangoni, no Casarão do Turismo, e Ziraldo 90, no Museu Histórico e Pedagógico Prudente de Moraes.

  • SERVIÇO – 49ª Salão Internacional de Humor de Piracicaba. Mostra paralela: Escultores em Bloco, de Luiz Carlos Fernandes. Visitação presencial: até dia 30/10, de quinta e sexta-feira, das 9h às 17h, e aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h, no Armazém 14 do Parque do Engenho Central (av. Maurice Alain, 454). Entrada gratuita. Informações: (19) 3403-2615.

Postagem Anterior Próxima Postagem

INVISTA AQUI