segunda-feira, 20 de março de 2017

Lançado livro que incentiva os docentes na orientação de trabalho escolar

O livro tem como objetivo incentivar os docentes a se orientarem teoricamente para conduzir um trabalho escolar subsidiado e eficaz.
Especialistas de diferentes vertentes reúnem-se neste volume para discutir e equacionar subsídios teóricos para a prática cotidiana do professor numa obra que reforça a necessidade de que as práticas de ensino/aprendizagem da língua enfoquem as nuanças formais, funcionais, cognitivas e sociais, exatamente O todo da língua. As orientações e as discussões a partir das quais essas práticas se instauram revelam um caminho, no mínimo duplo: 

(a) orientar-se teoricamente para poder…
(b) conduzir um trabalho escolar fortemente subsidiado.

Não se trata de aplicar nem de transpor atabalhoadamente teorias desenvolvidas no mundo acadêmico para a prática docente da educação básica, mas de expor e explicar concepções e pressupostos linguísticos que embasem a atividade de ensino de língua portuguesa, oferecendo ao docente um instrumental que lhe permita tomar decisões e fazer escolhas fecundas em sua prática cotidiana.

 LEIA MAIS↓
No intuito de oferecer subsídios ao cotidiano docente de língua portuguesa, os autores recrutam princípios do funcionalismo clássico, bem como de outras áreas cuja vocação pedagógica está sendo despertada, como a linguística funcional centrada no uso e a teoria da tradução audiovisual. Temos ainda novos olhares para a condução do trabalho escolar com a gramática, a partir de duas demandas dos professores:

(a) a compreensão das categorias gramaticais;
(b) a escolha de uma gramática a ser estudada em sala de aula que garanta um estudo gramatical produtivo.

A concepção de linguagem subjacente às discussões promovidas por esta obra faz que haja um imbricamento temático no qual três eixos pedagógicos da língua portuguesa podem ser distinguidos:

(a) gramática e uso
(b) texto e discurso
(c) materiais didáticos e ação escolar.

O século XXI, com suas demandas, requer que a linguística brasileira ofereça subsídios à educação básica. Pautas do novo milênio devem ser assumidas pelos linguistas brasileiros, na busca de respostas ou oferta de sugestões que possam ser consideradas pelos professores na sala de aula dos níveis fundamental e médio.

Essa orientação de metas para o ensino da língua portuguesa requer formação mais ampla do docente da educação básica, numa prática que deve passar pelo conhecimento maior da própria estrutura gramatical, bem como das propriedades contextuais, nos níveis intra e extralinguístico, e dos processos cognitivos envolvidos nos distintos usos.

O conhecimento dessas bases teóricas estimula uma prática docente ressignificativa e dinâmica. “Ressignificar” levará ao abandono de uma concepção de língua estática em favor de uma concepção de língua dinâmica, fluida, construída no uso efetivo, no movimento de interação e dependente do contexto de produção, da interpretação dos agentes e das intenções comunicativas para ser efetivamente analisada e compreendida.


Serviço
Título: O todo da língua: teoria e prática do ensino de português
Organizadores: Vânia Casseb-Galvão e Maria Helena de Moura Neves
ISBN: 978-85-7934-127-4
Dimensões: 16x23cm
Preço: R$30,00

Maria Helena de Moura Neves

 
Maria Helena de Moura Neves é licenciada em Letras (Português-Grego e Alemão) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, doutora em Letras Clássicas (Grego) pela Universidade de São Paulo e livre-docente (Língua Portuguesa) pela Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho. Bolsista de Produtividade em Pesquisa — nível IA do CNPq, é professora da Universidade Presbiteriana Mackenzie e da UNESP — Araraquara. É autora, entre outros, dos livros Guia de uso do português. Confrontando regras e usos, 2012 [2003]; Gramática de usos do português, 2011 [2000]; Texto e gramática, 2011 [2006]; Ensino de língua e vivência de linguagem, 2010; Gramática na escola, 2010 [1990]; Que gramática estudar na escola? Norma e uso na Língua Portuguesa, 2009 [2003]; A vertente grega da gramática tradicional. Uma visão do pensamento grego sobre a linguagem, 2005; A gramática: história, teoria e análise, ensino, 2002; A gramática funcional, 2001 [1997]. É coautora dos dicionários: Dicionário grego-português (5 vols., 2006; 2007; 2008; 2009; 2010), do qual foi também uma das três coordenadoras; Dicionário UNESP do português contemporâneo, 2005; Dicionário de usos do português, 2002; Dicionário gramatical de verbos do português contemporâneo do Brasil, 1997 [1990]. Coordenou a equipe Sintaxe I do projeto Gramática do Português Falado (sob direção de A. T. de Castilho), e, com R. Ilari, coordenou o volume II (2008) da série Gramática do português culto falado no Brasil. É membro da equipe que elabora o Grande dicionário do português do Brasil. É membro do conselho editorial de 18 revistas especializadas e consultora de seis fundações de apoio à pesquisa.

Vânia Cristina Casseb-Galvão 

 
Professora da faculdade de Letras da Universidade Federal de Goiás, onde atua na graduação e na pós-graduação. É pesquisadora do CNPq. Atua na área de Teoria e Análise linguística em um viés funcionalista, com ênfase na descrição do português brasileiro. Fez mestrado na UNICAMP e doutorado na UNESP - Araraquara. Foi supervisionada por Lachlan Mackenzie em estágio de pós-doutorado no Instituto de Linguística Teórica e Computacional (2010). Tem inúmeros artigos publicados em revistas especializadas, inúmeros capítulos em livros, é coorganizadora e coautora de Introdução à gramaticalização (Parábola Editorial (2006). Presidiu o IV Simpósio Mundial de Estudos de Língua Portuguesa (2013).


SOBRE A PARÁBOLA EDITORIAL - a editora de quem ama as letras


Fundada em 2001, a Parábola Editorial é referência para quem busca formação nas áreas de letras, linguística e educação. Com criterioso trabalho editorial, primorosa seleção de autores e empenho cotidiano na divulgação e no contato com livreiros e distribuidores, a companhia já soma quase 200 títulos que fazem a diferença, acrescentam à escola e ao pensamento do Brasil. Não à toa, há a crescente aparição das obras da editora nas listas de mestrado, doutorado e formação de docentes na área de letras de todo o país.


www.parabolaeditorial.com.br